Tamanho do texto

Com algumas medidas, é possível evitar que a casa fique abafada no verão

No Brasil, faz quase um mês que o verão chegou e, dependendo da cidade em que você vive, o calor já está tornando atividades corriqueiras mais desconfortáveis e cansativas. Para muitos, nada pior do que chegar em uma casa abafada após um longo dia de trabalho, se deparar com aquele “ar parado” e ainda precisar fazer coisas como usar o fogão em uma cozinha extremamente quente (ah, o horror!). Principalmente para quem não tem ar condicionado ou não gosta muito do frio artificial, manter a casa arejada nos meses mais quentes do ano pode ser realmente um desafio.

Leia também: Banheiro com cara de spa é tendência para 2018; veja como transformar o seu

Com algumas dicas, é possível manter a casa arejada sem necessariamente precisar de um ar condicionado
Reprodução/Pinterest
Com algumas dicas, é possível manter a casa arejada sem necessariamente precisar de um ar condicionado

Mesmo sem transformar o ambiente em um Alasca particular artificialmente, porém, há algumas dicas que podem te ajudar a manter a casa arejada e minimamente confortável durante os meses de calor. Confira oito dicas:

1. Foco nas cortinas

Para deixar a casa arejada, é muito importante prestar atenção nas cortinas. Pode parecer estranho, mas a melhor forma de utilizá-las durante o verão é deixando-as fechadas durante o dia, fazendo com que os cômodos recebam menos luz e fiquem um pouco mais “isolados” do calor.

Investir em cortinas que bloqueiem bem a luz e mantê-las fechadas de dia ajuda a casa a não esquentar tanto
Reprodução/Pinterest
Investir em cortinas que bloqueiem bem a luz e mantê-las fechadas de dia ajuda a casa a não esquentar tanto

Se você quiser ir mais longe na luta contra a casa abafada , uma boa ideia é apostar em cortinas do tipo “blackout” – que impedem quase totalmente a entrada de luz – ou aquelas que têm uma espécie de capa plástica na parte que fica encostada na janela, o que ajuda a isolar ainda mais o ambiente. Ah, e nada de tecidos escuros! Cores neutras e claras absorvem menos o calor e deixam a casa arejada.

2. Livre-se dos tapetes

Tapetes, principalmente se forem grossos, peludos e de cor escura, ajudam a deixar a casa quente. Sendo assim, durante o verão, o ideal é retirá-los dos ambientes e mantê-los fora de cena até que o clima volte a ficar gelado. Para quem não gosta de deixar o piso sem cobertura alguma, esteiras de fibra natural são uma opção interessante.

Leia também: Confira 6 dicas de como mobiliar e decorar um quarto de hóspedes

3. Instale telas nas janelas

Deixar as janelas abertas durante a noite, quando a temperatura está mais amena, é uma forma de espalhar ar fresco pela casa e mantê-lo ali durante o dia, momento em que as cortinas devem ficar fechadas. No entanto, o verão é a época em que os mosquitos mais invadem as casas, fazendo com que muita gente tenha bastante dor de cabeça e perca várias noites de sono se deixar as janelas abertas.

Sendo assim, considere instalar telas nas janelas para que os vidros possam ficar abertos durante a noite e você não cozinhe em meio aos lençóis (ou acorde com um pernilongo zumbindo na orelha).

4. Atenção aos materiais

Certo, sofás de veludo e outros materiais mais “peludinhos” ou grossos como o couro são maravilhosos, principalmente para quem curte um ar mais vintage, mas eles não são assentos nada confortáveis para dias quentes.

materiais como veludo e couro esquentam muito, tornando sofás e poltronas muito desconfortáveis
Reprodução/Pinterest
materiais como veludo e couro esquentam muito, tornando sofás e poltronas muito desconfortáveis

Se você quer receber visitas no verão sem que as pessoas fiquem grudentas e suadas, uma ideia é substitui-los por sofás de materiais como algodão e linho ou providenciar uma capa com esses tecidos que são mais leves e, consequentemente, esquentam menos. Na cama, a ideia é a mesma. Durante o verão, os lençóis e as fronhas de algodão serão seus melhores amigos, já que deixam o corpo “respirar” mais e não retêm tanto calor .

5. Evite ligar muitos eletrodomésticos durante o dia

Você certamente já colocou a mão na televisão ou no computador e percebeu o quão quentes eles podem ficar. Também não é segredo para ninguém que usar o forno faz com que o ambiente esquente (e muito). Sendo assim, para deixar a casa fresca, evite ligar tudo de uma vez – principalmente durante o dia, momento em que a casa fica inevitavelmente mais quente – e aposte em receitas que não precisem do forno para ficar prontas.

6. Decore usando plantas

Usar plantas na decoração não é necessariamente uma forma diminuir a temperatura dos cômodos e refrescar a casa, mas elas são ótimas para renovar o ar e trazer uma vibe mais “natureza” para os ambientes.

Além de trazer um ar mais
Reprodução
Além de trazer um ar mais "fresco" à casa, as plantas ajudam a renovar o ar e algumas têm propriedades relaxantes

A decoração com plantas se tornou uma tendência nos últimos tempos , podendo ser utilizada até no banheiro, já que certas espécies liberam aromas agradáveis quando entram em contato com o vapor e ainda têm propriedades relaxantes.

7. Fique de olho na iluminação

Outra dica para manter a casa mais arejada e fresca é substituir as lâmpadas incandescentes que você tiver pelas fluorescentes ou pelas de LED. Isso porque as lâmpadas do primeiro tipo geram bastante calor (e inclusive gastam mais energia), esquentando os ambientes simplesmente por estarem acesas. Outra forma de refrescar a casa remanejando as luzes é trocar a iluminação direta pela indireta. Dessa forma, a intensidade da luz diminui e não é como se você tivesse aqueles “sóis particulares” em casa.

Além de sofisticada, a iluminação indireta é uma boa forma de não ter um foco de luz esquentando os ambientes
Reprodução/Pinterest
Além de sofisticada, a iluminação indireta é uma boa forma de não ter um foco de luz esquentando os ambientes

Para fazer isso, você pode trocar os lustres convencionais por “spots” espalhados pelo teto dos cômodos ou utilizar arandelas, que espalham a luz emitida pelas lâmpadas pelas paredes.

8. Capriche na jardinagem

Se você tem um quintal ou um jardim bastante espaçoso, este é o momento perfeito para fazer algumas mudanças. Que tal, por exemplo, plantar uma árvore ou uma trepadeira posicionada de forma que a sombra da planta impeça a luz solar de chegar a um cômodo? Por ser uma medida mais “permanente”, é necessário estudar bem o espaço e ter a certeza de que há a possibilidade de manter o cômodo em questão quentinho durante os meses mais frios. De resto, basta colocar a mão na massa e aproveitar a casa arejada!

    Leia tudo sobre: Casa