Móveis que concentram diversas funções ajudam a poupar espaço e até esconder a bagunça facilmente. Veja exemplos e se inspire

Quando se mora em apartamentos, tem cômodos pequenos em casa ou não se pode fazer muitas alterações na estrutura da propriedade - como em casos de locais alugados - pode ser complicado otimizar o espaço e fazer com que a decoração fique bonita e prática ao mesmo tempo. Móveis embutidos, por exemplo, são uma saída, mas o quebra-quebra para fazer a instalação pode tornar a ideia inconveniente e até mesmo impossível.

Leia também: Versátil, sofá-cama é boa opção até para quarto de crianças; veja como escolher

Móveis funcionais são aqueles que agrupam vários itens da mobília em um só, como esta cama que também é um armário
Divulgação/Etna
Móveis funcionais são aqueles que agrupam vários itens da mobília em um só, como esta cama que também é um armário

Se você está em uma situação com essa e sente que tudo está cada vez mais amontoado dentro dos cômodos da casa, acalme-se pois há uma forma divertida de deixar tudo organizado e apresentável: estamos falando de móveis funcionais. Esse tipo de móvel é aquele que possui mais de uma função, facilitando a vida e fazendo uso apropriado do espaço que há disponível.

Além de servirem para mais de uma função, artigos desse tipo também podem ter a capacidade de se dobrar, desdobrar ou de ser agrupado em espaços menores, e se engana quem pensa que itens como sofás-cama são o único tipo de mobília retrátil. De acordo com o arquiteto Edson Vieira, parceiro da Etna, são diversas as possibilidades que existem para quem quer uma decoração prática, e ele afirma que não é preciso deixar a sofisticação de lado para fazer isso.

“Os móveis funcionais possuem essa fama de se preocuparem apenas com o ganho de espaço e deixarem o design e o requinte de lado, porém isso não é verdade. Hoje em dia, é possível unir tecnologia, design e funcionalidade em um mesmo produto, proporcionando ambientes espaçosos e extremamente sofisticados”, ressalta Vieira. Confira algumas opções de artigos funcionais e compactos para otimizar o espaço nos cômodos de casa :

Para o quarto

Baú/pufe

Sabe aquele monte de coisas aleatórias que você normalmente acaba colocando sobre uma bancada ou nas costas de uma cadeira? Ou então aquele cesto de roupa suja que é útil, mas ocupa um espaço relativamente precioso do quarto? Pufes que secretamente são baús podem ser a solução que você estava procurando.

Pufes que se transformam em baús são uma ótima opção para esconder a bagunça e ainda criar um assento
Divulgação/Etna
Pufes que se transformam em baús são uma ótima opção para esconder a bagunça e ainda criar um assento

Por fora, eles se parecem bancos, podendo ser devidamente combinados com a decoração do ambiente e ainda servir de assento. Ao mesmo tempo, porém, podem armazenar roupas que precisam ser lavadas, sapatos ou brinquedos (no caso de um quarto infantil, por exemplo).

Cama funcional

Essa possibilidade parece ter saído de um desenho animado, mas é bem real e há uma variedade enorme dessas camas funcionais. Algumas delas são retráteis e, como o próprio nome já diz, podem ser colocadas fora do caminho ou até transformadas em algum outro móvel quando não estão sendo utilizadas.

Camas que ficam
Reprodução/Pinterest
Camas que ficam "escondidas" na parede ou dentro de outro móvel também são uma saída para espaços pequenos

Algumas delas podem ser levantadas e recostadas na parede, outras fazem parte do guarda-roupa e ainda há a possibilidade de elas terem, por exemplo, uma bancada ou algum tipo de assento na parte oposta à do colchão, tornando-se duas peças em uma só.

Há também as camas-baú, que escondem um compartimento abaixo do colchão. Muitas vezes, esse espaço é ideal para guardar cobertores, lençóis ou até roupas que não serão usadas durante um longo período de tempo, mas há também alguns modelos que permitem ainda mais funcionalidade.

O móvel da foto abaixo, por exemplo, é uma estante, uma cama e um guarda-roupas com gaveteiro, tudo ao mesmo tempo.

Camas funcionais também podem aparecer em forma de
Divulgação/Etna
Camas funcionais também podem aparecer em forma de "baú". Nelas, é possível guardar coisas embaixo do colchão

As funções, porém, não precisam estar unidas em um único móvel. É possível comprar “conjuntos” de artigos, como camas suspensas que vêm junto de bancadas de escritório que podem ser posicionadas abaixo delas e ocupar menos espaço do que ocupariam separadamente.

Também é possível encontrar conjuntos que incluem camas suspensas e mini escritórios que ficam embaixo delas
Divulgação/Etna/Reprodução/Pinterest
Também é possível encontrar conjuntos que incluem camas suspensas e mini escritórios que ficam embaixo delas

Escrivaninha retrátil

Prático, esse tipo de móvel consiste em um tampo que pode ficar tanto paralelo ao chão, formando uma superfície para escrever, usar um notebook ou fazer trabalhos manuais, quanto recolhida paralela à parede, sem ocupar espaço algum e evitar esbarrões em ambientes muito pequenos.

Leia também: Veja truques e dicas de como deixar a casa com cara de apartamento de novela

Para a sala

Sofá-cama

Famosos, os sofás-cama não precisam necessariamente estar na sala, mas, na falta de um quarto de hóspedes, ter um nesse ambiente pode ser conveniente e útil. Ele também pode funcionar bem em apartamentos no estilo kitnet, que possuem poucos cômodos ou não têm divisão entre sala e quarto.

O sofá-cama não combina só com salas; dependendo do tamanho do cômodo, ele pode ser uma boa para quartos também
Reprodução/Pinterest
O sofá-cama não combina só com salas; dependendo do tamanho do cômodo, ele pode ser uma boa para quartos também

Esse tipo de móvel também apresenta variações, como os que se desdobram para virar uma cama, os retráteis (em que basta puxar os acentos para frente para ampliá-lo) e os futons, que são como conjuntos de almofadas que podem ser organizados de diversas formas. Apesar de diferentes, porém, todos eles têm a vantagem de unir dois móveis em um só.

Mesa extensora e aparadores

 Além de mesas comuns que podem se entender para agrupar mais pessoas, há também mesas de centro que se desdobram e viram um móvel maior. Existe também aparadores que, como a escrivaninha retrátil, ficam presos à parede e não ocupam espaço algum quando não estão sendo utilizados.

Mesas de centro que se expandem ou conjuntos que transformam vários móveis em algo compacto também são opções
Reprodução/Pinterest/Divulgação/Etna
Mesas de centro que se expandem ou conjuntos que transformam vários móveis em algo compacto também são opções

Assim como ocorre com o conjunto de cama e escrivaninha, Vieira afirma que também é possível encontrar mesas que se agrupam com os bancos ou cadeira e, dessa forma, economizar no espaço.

Cuidados na hora de comprar e conservar

Você tem espaços pequenos para mobiliar e decidiu comprar alguns itens funcionais para ajudar a otimizá-lo? Ótimo, mas nada de sair comprando o primeiro que aparece. “A primeira coisa que deve ser levada em conta e o básico: ‘Eu vou usar ou precisar de todas as funções que o móvel me proporciona?’. Com casas e apartamentos cada vez menores, ter um móvel com funções desnecessárias mais atrapalha do que ajuda”, afirma o arquiteto.

Leia também: Confira quatro dicas essenciais para não errar na hora de lavar as roupas

De acordo com Vieira, como todos item de mobília, os móveis funcionais precisam de cuidados básicos. “É preciso sempre ter atenção com a limpeza e a conservação do produto para garantir uma longa vida útil ao móvel”, afirma ele. No caso de itens que possuem duas funções, porém, o arquiteto afirma que é necessário ter atenção especial na hora de “transformá-los” para que o movimento não acabe prejudicando a funcionalidade deles.

    Leia tudo sobre: Casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.