Descrita no anúncio de venda como “um pedaço da história”, a residência se localiza em cima da fronteira entre o território canadense e o americano

Já pensou em acordar nos Estados Unidos, tomar café da manhã no Canadá e depois voltar aos Estados Unidos para escovar os dentes? Nesta casa, isso é possível. A residência em questão está à venda por US$ 109 mil (cerca de R$ 362 mil) e torna isso possível por estar localizada exatamento em cima da fronteira entre os dois países. 

Leia tudo sobre casa e decoração aqui!

Apesar de parecer uma casa como qualquer outra, o fato de estar em cima da fronteira a torna quase única
Divulgação/Zillow
Apesar de parecer uma casa como qualquer outra, o fato de estar em cima da fronteira a torna quase única

Detalhes da residência

A casa foi construída em 1782 na cidade de Derby Line, em Vermont, e já foi até uma agência de correios que servia tanto o Canadá quanto os Estados Unidos e, no anúncio, é descrita como “um pedaço de história”. Apesar do fato de a casa estar localizada sobre uma fronteira poder até render lucros para os futuros proprietários caso o utilizem  como propaganda para alugá-la para viajantes, está afastando possíveis compradores. Além de a propriedade precisar de algumas reformas, viver entre dois países pode não ser tão divertido quanto parece.

Leia também: Estação de trem que virou residência está à venda na Inglaterra por R$ 4 mi

De acordo com um dos atuais donos, viver em um local tão incomum tem seus empecilhos
Divulgação/Zillow
De acordo com um dos atuais donos, viver em um local tão incomum tem seus empecilhos

Ao veículo “Time”, um dos proprietários da residência , Brian DuMoulin - que cresceu na propriedade - conta que a segurança reforçada que a fronteira possui e os protocolos necessários para cruzá-la dificultam o ir e vir mesmo nos arredores da propriedade. Segundo ele, sua esposa Joan e a irmã dela tiverem de se reportar à patrulha da fronteira porque um novo funcionário não havia reconhecido as duas. Ele afirma também que não é possível simplesmente cruzar a fronteira em qualquer trecho; é preciso ir até a entrada dela para entrar ou sair de um dos países.

Leia também: Já se imaginou vivendo como um hobbit? Para este homem, o sonho é realidade

Apesar de o novo dono precisar lidar com esses empecilhos e necessariamente ter cidadania tanto americana quanto canadense, morar em dois países ao mesmo tempo na propriedade de cerca de 650 metros quadrados também tem suas vantagens. Além de estar em dois países ao mesmo tempo, os moradores da casa contam com segurança feita por soldados das forças armadas tanto do Canadá quanto dos Estados unidos 24 horas por dia e sete dias por semana. Nada mal!

    Leia tudo sobre: Casa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.