O inverno esta chegando e parece que o friozinho impede as pessoas de sairem de casa para praticar qualquer atividade fisica. Mas nem tudo esta perdido!

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508671465&_c_=MiGComponente_C

A academia Competititon, em S?o Paulo, aproveitou a epoca para oferecer aos alunos um servico que e a cara do inverno: treinamento especifico para praticantes de snowboarding , esporte no qual o atleta desliza sobre a neve em cima de pranchas. Alem disso, a Competion criou uma sala especifica para aulas de corrida indoor e investiu em novos aparelhos de musculac?o, diz a assessora da academia, Caroline Colunna.

Para quem pensa que snowboarding e afins s?o esportes bem longe da realidade brasileira, a Confederac?o Brasileira de Desportos no Gelo pretende criar o Centro Nacional de Desporto no Gelo, na cidade paulista de Campos do Jord?o.

O projeto esta em fase de estudo de impacto ambiental, e promete aumentar o numero de adeptos de modalidades como patinac?o de velocidade e artistica, e hoquei no gelo, entre outros. Segundo o presidente da Confederac?o, Eric Leme, o projeto e importante para desenvolver atletas destes esportes "em solo brasileiro".

E mesmo aqueles que pretendem passar o inverno longe de todo tipo de ginastica n?o precisam se desesperar. Na opini?o do personal trainner Flavio Settani, que cuida do treinamento da apresentadora Luciana Gimenez, entre outras celebridades, a estac?o mais fria do ano e a melhor para manter a forma . Com a diferenca entre as temperaturas interna e externa, o corpo gasta mais energia para manter em media 36 graus. "Se a pessoa come corretamente no inverno, 30% do trabalho esta garantido", assegura Flavio.

Leia mais sobre: exercicios

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.