Dicas para lixar as unhas, o esmalte não empipocar e evitar manchas e descamação

Fazer as unhas em casa pode ser muito divertido. Problema mesmo é quando o esmalte empipoca, as unhas encravam ou descamam. Para evitar esses e outros dramas, a top manicure Gisele Camargo, do nail salon Pic Nic Dric, ensina o caminho certo. Siga as dicas dela e não erre mais!

Como escolher a lixa
Qualquer lixa serve para aparar as unhas. Prefira as mais finas para dar o acabamento final nas pontas e evitar que fiquem ásperas. As lixas mais delicadas também são indicadas para tirar as ondulações que eventualmente apareçam na superfície.

Evite unhas encravadas
Se você é do tipo que sofre com unhas encravadas, anote a solução: pare de cortá-las. Gisele explica que a parte lateral das unhas nunca, em hipótese alguma, deve ser cortada. O melhor a fazer é lixar sem alcançar profundidade, apenas acompanhando o formato natural da unha.

Escolha a sua base
Algumas técnicas utilizam a base entre as camadas de esmalte, mas importante mesmo é aplicá-la antes de qualquer cor. Dessa forma, a base facilita a remoção do esmalte e ainda evita que as unhas manchem com cores escuras. Com fórmulas avançadas no mercado, fica fácil proteger as unhas e ainda tratá-las com produtos fortalecedores, como a Base Para Unhas Fracas (Colorama) e o nivelador de unha Care Smooth (Impala).

Para o esmalte NÃO empipocar
O esmalte empipoca nas ocasiões que em o produto está grosso ou o clima muito quente. A dica? Lavar as mãos com água gelada antes de começar a esmaltar as unhas – com a temperatura mais baixa, é improvável que as bolinhas apareçam. Fique de olho no prazo de validade dos esmaltes e livre-se dos frasquinhos vencidos ou armazenados inadequadamente.

Unhas amareladas, não!
Ao retirar o esmalte suas unhas revelam um amarelado feio? Pode ser falta de base. Basta uma aplicação de esmalte escuro sem base para que as unhas manchem de amarelo. Agora, se o problema insiste em aparecer mesmo com as unhas esmaltadas, o problema pode ser a marca da base, que reage com o esmalte – na dúvida, troque por outro produto. Além disso, a mistura de cosméticos com esmaltes – em especial, de protetores solares – também facilita alteração da cor.

Esbranquiçou? Dê um tempo...
Se você já passou pela experiência de remover o esmalte e encontrar as unhas com manchas brancas, então é hora de dar um tempo. O excesso de esmalte e acetona é o problema. A solução? Deixar as unhas “respirarem”, ou seja, livres de componentes químicos por alguns dias. Aproveite e aplique um creme hidratante para unhas e uma cera nutritiva nas cutículas, isso ajudará na recuperação. Aliás, Gisele recomenda o uso de removedores ao invés de acetona. “A acetona é muito agressiva e seu uso contínuo provoca ressecamento e descamação, deixando a unha mais fraca”, diz.

Dica da Gisele
Quer unhas bonitas por mais de uma semana? Uma boa pedida é usar o Minx, adesivo que é mania na Europa e nos EUA. Eles são aplicados exclusivamente em salões, com técnica high-tech, e chegam a durar até um mês. Há variedade nas cores e precisão no desenho das estampas (que tal ter unhas animal print?) mas o preço é mais alto do que a manicure regular: R$ 200 cada aplicação.

Serviço:
PIC NIC DRIC: (11) 2925-2300.
www.adrianabarra.com.br 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.