Você faz sempre esses exercícios e não consegue uma barriga chapada? Entenda por quê

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508694559&_c_=MiGComponente_C

Acordo Ortográfico

Eu me mato nos abdominais e não consigo emagrecer. Certamente você já ouviu ou disse essa frase algumas vezes, não é? Vamos entender por que isso acontece, agora, no Guia do Abdominal.

Abdominal: o que é, e para que serve
Abdominal é o nome dado à musculatura da parte anterolateral do abdome, e, por extensão, a palavra batizou o exercício que tonifica esta musculatura.

O abdominal só enrijece a musculatura que está abaixo da camada de gordura, diz o professor Emerson Sitta. Ou seja: abdominal não emagrece. Para emagrecer, o esforço deve ser outro: atividades aeróbicas, destinadas a queimar a gordura.

O plano, então, é este: esteira, bicicleta, natação, etc., que por sua vez só começam a fazer efeito depois de 12 a 15 minutos. Só depois disso é que você pode passar para os abdominais, para fortalecer e tonificar a musculatura.

Passo 2: alimentação equilibrada
Uma maneirada na alimentação também faz parte dos esforços por uma barriguinha em ordem.

É fundamental que o gasto calórico seja maior que o consumo de calorias, afirma o professor. Então, se você é da turma do eu como o que quero depois malho bastante, saiba que está redondamente (opa!) enganada.

Emerson ensina como funciona: Primeiro, como já foi dito, o gasto calórico tem que ser maior que o consumido. Se depois de uma sessão de treino você come um pote de açaí ou toma uma cervejinha, já repôs toda a caloria perdida. Segundo: tenha uma rotina de treinamento. 

Sim, meninas! Barriguinha sarada requer muita disciplina! Para um resultado efetivo, o ideal é estabelecer uma rotina de treinos de cinco vezes na semana, com um intervalo de dois dias de descanso pra não estressar a musculatura e evitar lesões.

Vamos direto ao assunto? Veja os exercícios recomendados pelo professor!
Comece sempre com uma atividade aeróbica , que é o que emagrece.
Pode ser esteira, bicicleta, pular corda ou até uma caminhada. Para melhores resultados, os exercícios têm que ser variados, já que a musculatura do abdome é trançada e precisa ser trabalhada por igual.

Exercício 1 ¿ região superior:
*Deitada em superfície plana, joelhos flexionados e pés no chão. Mãos atrás da cabeça olhando para o teto, sem encostar o queixo no peito.
*Elevar o tronco soltando o ar no movimento de subida, e voltar inspirando.
*3 séries de 15 repetições.

Exercício 2 ¿ região inferior:
*Deitada, agora com as mãos em baixo do quadril, para não sobrecarregar a lombar, e as pernas estendidas.
*Subir as duas pernas juntas até um palmo do chão e flexionar os joelhos unidos em direção do abdome, voltar com as pernas esticadas, mas sem descê-las (movimento de flexão e extensão constante), soltando o ar sempre no movimento de flexão.
*3 séries de 15 repetições.

Exercício 3 ¿ laterais:
*Deitada, joelhos flexionados, um dos pés apoiados sobre o joelho. Mãos atrás da cabeça.
*Subir o tronco, levar o cotovelo em direção ao joelho que está dobrado para cima (movimento cruzado). Soltar o ar quando subir.
*3 séries de 15 repetições para cada lado.

Agradecimentos:
Professores Emerson e Flávia Sitta
www.academiacorpoesaude.com.br

Leia mais sobre: barriga chapada

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.