Exame anual é necessário para prevenir ruptura e encapsulamento do implante

Alguns casos de problemas com a prótese de silicone entre famosas  já viraram notícia. As mulheres podem apresentar inchaço ou até endurecimento dos seios. Mas toda mulher que já passou por esse procedimento corre risco? A prótese pode se romper? 

Cantora Vasleca Popozuda já teve problemas com a prótese de silicone
Divulgação
Cantora Vasleca Popozuda já teve problemas com a prótese de silicone


Os casos de ruptura abrupta das próteses de silicone  acontecem geralmente após um trauma. O rompimento também pode ocorrer após um acidente automobilístico ou, se por algum motivo, as próteses forem submetidas a pancadas muito violentas, explica o cirurgião plástico Ruben Penteado, diretor do Centro de Medicina Integrada.

Outra garantia para que a ruptura não aconteça é o tipo da prótese utilizada no implante. Segundo Alexandre Barbosa, cirurgião plástico da Clínica de Cirurgia Plástica de São Paulo, é muito difícil haver a ruptura com a prótese de gel de silicone , diferente do caso da prótese de solução salina, que já foi bastante comum nos Estados Unidos. Nesse tipo de cirurgia, coloca-se um expansor que dilata à medida que é colocado soro fisiológico dentro da prótese. Esse tipo costuma romper com mais facilidade, como bexiga, afirma.

Cirurgia do silicone completa 50 anos

Ruben ainda afirma que não há motivos para duvidar da segurança do silicone. Se o material for utilizado da forma correta, obedecendo aos critérios médicos, o silicone, em si, não representa ameaça alguma ao organismo.

Outro fator importante que não deve ser esquecido é o acompanhamento médico após a cirurgia plástica . A paciente deve, pelo menos uma vez por ano, fazer exames de rotina, como a ressonância magnética, e ter um acompanhamento com o cirurgião ou ginecologista. Em casos de dor, endurecimento, alteração de formato ou qualquer outro tipo de mudança nos seios, o cirurgião deverá ser procurado, alerta Alexandre.

Validade das próteses

Antes que a paciente se submeta à cirurgia, é preciso que o médico esclareça que uma prótese de silicone não dura por toda a vida, explica Ruben.

A vida útil de uma prótese é algo imponderável e depende do organismo de cada paciente. Porém, um estudo feito na Universidade de Birmingham, Estados Unidos, com pacientes que tinham feito a cirurgia nos anos 80 ou 90, constatou que mais da metade das próteses com 10 anos, em média, apresentavam sinais de ruptura ou encapsulamento. Atualmente as próteses são muito mais resistentes e duram, em média, de 20 a 25 anos. E mesmo que elas se rompam, não há possibilidade de escorrer silicone pelo corpo, comenta Alexandre.

O momento mais indicado para a troca de implantes é um pouco antes da data de validade da antiga vencer. Porém o que mais ocorre nas clínicas, por falta de informação ou negligência, é a procura pelo cirurgião apenas quando há alguns sintomas anormais como dor, endurecimento ou assimetria nas mamas.

Normalmente, o que o médico constata nesse período é uma reação normal do próprio organismo chamada de encapsulamento da prótese . Acontece uma retração exagerada da cápsula fibrosa (cicatriz interna) que se forma ao redor da prótese, determinando diferentes graus de endurecimento. O organismo envolve o corpo estranho (prótese), como um envelope, causando uma contração do implante, explica Dr. Alexandre.

Como evitar problemas

A melhor maneira de prevenir possíveis problemas com a prótese, como a ruptura ou encapsulamento da prótese, é o acompanhamento médico anualmente, seja do cirurgião ou de um médico ginecologista, que avalie as condições das próteses e faça exames de rotina, como a ressonância magnética.

Esse acompanhamento também servirá para o médico analisar se haverá a necessidade de troca por causa do aparecimento de flacidez da pele ou mudança na posição dos implantes. Por exemplo, depois de uma gestação, o corpo da mulher passa por uma série de transformações e a troca da prótese pode ser feita para devolver o equilíbrio à silhueta, explica Ruben.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.