Para ficar sempre linda, tem que se cuidar. Conversamos com especialistas para saber o essencial da beleza para idosas

A mulher madura tem necessidades de beleza bem diferentes das mais jovens. Felizmente o mercado atende bem esta faixa etária, com produtos para a pele e cabelos adequados aos problemas da terceira idade. Para além dos produtos, alguns hábitos simples - como beber um pouco mais de água todos os dias - já fazem diferença na beleza. Saiba mais sobre como tratar da pele, cabelos e fazer a maquiagem depois dos 60.

Leia também: Sexo na terceira idade! Os benefícios e os alertas para essa fase da vida

Quer ficar linda como a Jane Fonda? Cuide bem do que você tem!
Getty Images
Quer ficar linda como a Jane Fonda? Cuide bem do que você tem!


Cuidados com a pele
Para chegar à terceira idade bonita é importante que os cuidados comecem com bastante antecedência. “A prevenção é importante. Se a pessoa nunca usou protetor solar, chega aos 60 anos com a qualidade da pele ruim”, alerta a dermatologista Lídia Stival Ferraro. “Mas mesmo se a idosa não se cuidou muito, dá para melhorar”, completa. Mais do que cremes e tratamentos, Lídia aconselha que as mulheres prestem atenção na alimentação: “frutas, legumes e verduras fornecem nutrientes e antioxidantes para que a pele se recupere e se mantenha”. E a tão falada hidratação também tem que começar pela boca. “Os idosos perdem um pouco a sensação de sede, e com o passar do tempo esquecem-se de beber água. Mas hidratar é essencial porque o metabolismo das células acontece com água”.

Ainda assim, os cosméticos não devem ser deixados de lado. “O básico é protetor solar, todos os dias, sem falta. Mesmo nos dias nublados, só o fato de haver luz solar visível já é suficiente para o aparecimento de manchas, câncer de pele e envelhecimento”, explica Lídia. Os cosméticos dão bons resultados em longo prazo. Você começa a perceber a diferença depois de três meses de tratamento. “As idosas devem procurar produtos que tenham em sua composição ácidos como o retinóico, o glicólico e o telúrico. Além disso, é bom que tenha antioxidantes na fórmula, como a vitamina C”.

A dermatologista também recomenda uma rotina de beleza: “ao acordar, depois de lavar o rosto com um sabonete neutro, é bom usar um creme antiidade com antioxidantes. Por cima deste creme é importante aplicar filtro solar com FPS 30 no mínimo. O filtro deve ser reaplicado mais duas vezes ao dia, na hora do almoço e no fim da tarde. Antes de dormir, o rosto tem de ser bem lavado, para retirar maquiagem e sujeira. Logo depois aplique um creme antiidade mais potente, com ácido retinóico ou glicólico”.

Cuidados com o cabelo
Não é só a pele que mostra o envelhecimento, os cabelos também mudam com a idade. Com o tempo os cabelos tendem a cair e ficam mais finos, porosos e ressecados. Din Kobutti, que trabalha há dez anos como consultor visagista, recomenda que no caso do volume de cabelo diminuir, o melhor a fazer é manter os fios curtos: “usar bobes e mousse ajuda a dar volume, desfiar os cabelos também funciona, mas no caso de pouco cabelo, o melhor é deixar os fios com dez centímetros de comprimento no máximo”.

Para senhoras com pouca queda de cabelo, o corte varia de acordo com o estilo: “nos últimos tempos elas têm pedido cortes mais modernos e ousados”, diz Kobutti. Os tons de cabelo claros, como o castanho com mechas douradas e o loiro escuro e médio, ajudam a iluminar o rosto e suavizar a expressão. Se optar por usar os fios grisalhos ou brancos , uma boa dica é aplicar xampus específicos para este tipo de cabelo, pois evitam o amarelado.

Dicas de maquiagem
Na hora de se maquiar para o dia-a-dia ou para uma festa, a mulher mais velha precisa prestar atenção em alguns detalhes. Sadi Consati, maquiador e consultor do Boticário, esclarece: “mulheres maduras precisam saber que não é a quantidade de maquiagem que vai disfarçar as linhas de expressão. Quanto mais maquiagem, mais as marcas da idade aparecem. O importante é escolher a textura e a forma correta de aplicar cada produto”.

Uma mania recorrente das mulheres na terceira idade é usar pó no rosto. “Isto é um problema, marca as linhas. E normalmente a pele madura é mais seca, então não há necessidade de pó”, diz Consati. “É mais indicado usar bases e corretivos líquidos ou cremosos, que espalham melhor e não evidenciam as ruguinhas”. Vale passar blush para dar aquela cor saudável, mas atenção para os produtos com brilho cintilante, que realçam as linhas. “Quanto mais opaco, melhor”, aconselha o maquiador.

Nos olhos, menos é mais. Preencher as falhas da sobrancelha com lápis é bom e ajuda a levantar a expressão dos olhos. “Cuidado para não deixar muito escuro, como tatuagem”, alerta Consati. As sombras neutras valorizam mais a beleza madura do que as coloridas, e as opacas são mais indicadas que as brilhantes. E se com a idade apareceram bolsas abaixo dos olhos, evite chamar a atenção para esta região, e faça o contorno com lápis ou delineador apenas na pálpebra superior.

Na boca, o batom é o queridinho de todas as mulheres. Mas se as idosas quiserem manter o aspecto jovial, é bom evitar os tons escuros e fechados, que envelhecem a expressão. “Prefira os tons médios e claros. E evite gloss e batons cremosos, que podem escorrer nos vincos ao redor dos lábios”, diz Consati.

Clique aqui para assinar a newsletter do Delas

Siga o  @igbeleza no Twitter e curta a página do Delas no Facebook

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.