Substância estimula a produção de colágeno e melhora o aspecto do rosto, pescoço e colo

Ácido poli L-latico estimula a formação de colágeno na pele
Getty Images
Ácido poli L-latico estimula a formação de colágeno na pele
Nem sempre é preciso lançar mão de preenchedores para melhorar o aspecto da pele. Para conquistar um visual mais jovem, os estimuladores prometem bons resultados.

Presente no mercado há cinco anos, mas ainda pouco conhecido pelo consumidor final, o Sculptra se destaca como um dos principais produtos dessa linha. Feito de ácido poli L-latico, o injetável estimula a formação de colágeno na pele, que ganha um aspecto mais firme e jovial.

Como funciona o procedimento
Segundo a dermatologista Maria Paula Del Nero, o ácido é injetado na derme profunda da pele por meio de agulhas. O número de sessões indicadas varia de três a cinco, dependendo da avaliação do médico, e os resultados já são notados 30 dias após a segunda aplicação. “Ele suaviza marcas e linhas e corrige possíveis alterações de contorno do rosto”, diz.

O produto atua por até um ano, quando a substância é totalmente absorvida pelo organismo e perde sua função estimuladora.

Recuperação e cuidados
Hematomas e edemas transitórios podem aparecer após as injeções de Sculptra. “As marcas somem de três a sete dias”, analisa a dermatologista Adriana Leite.

Durante o período de pós-aplicação é importante massagear a área tratada duas vezes por dia. Evitar o sol também é regra básica.

Segundo Adriana, pequenos grãos podem se formar no interior da pele. A reação adversa deve ser tratada com urgência pelo médico responsável. “É importante se informar sobre a experiência do profissional que lida com o Sculptra, pois somente com domínio da técnica é possível evitar as complicações mais graves, como deformidades e infecções”, alerta Adriana.

Fique esperta! Como todas as substâncias injetáveis, portadores de doenças auto-imunes, alérgicos ou com tendência à infecção ou inflamação cutânea não devem usar o produto, assim como gestantes.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.