Você não aguenta mais a companhia delas? Então veja algumas dicas para deixá-las de lado

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508733751&_c_=MiGComponente_C

Não há pior maneira de levantar com o pé esquerdo do que se deparar com as nada bem-vindas olheiras no espelho. Para livrar-se deste mal, existem alguns produtos e tratamentos, mas você também não pode esquecer os hábitos diários que podem melhorar ¿ e bastante ¿ o humor de seu rosto.

O escurecimento da área abaixo dos olhos pode ser causado por alterações na circulação da região das pálpebras, depósito de melanina ¿ pigmento escuro -, acúmulo de hemoglobina ¿ pigmento sanguíneo - ou até depressão na parte interior dos olhos. Os meios para estas consequências são vários: avanço da idade, excesso de sol, alergia a produtos que podem gerar irritação e pigmentação, estresse, noites mal dormidas por culpa de alergias respiratórias, excesso de bebida e cigarro e até fatores genéticos. Como pode perceber, manter as olheiras distantes não parece coisa fácil. Mas há soluções.

Segundo o dermatologista Leonardo Spagnol, do Instituto de Dermatologia e Estética do Rio de Janeiro (Iderj), o principal é manter uma vida saudável. Mas como ninguém é perfeito, há dicas caseiras e cosméticas para dar um fim nas olheiras. Utilizar compressas geladas de camomila e massagear você mesma a área das pálpebras com creme hidratante, sempre no sentido de dentro pra fora, podem diminuir a congestão dos vasos sanguíneos, indica Leonardo.

Já do lado cosmético da força, após descobrir a causa que atrapalha a sua beleza, vale a pena conhecer as maneiras já clássicas e outras mais atuais para defender-se. O tratamento indolor com Luz Intensa Pulsada ou o preenchimento com ácido hialurônico já são conhecidos e prometem resultados. Assim como as novas fórmulas que acabaram de chegar ao mercado.

Tight Skin
Adepto da não utilização de ácidos, o Tight Skin é um aparelho de fototerapia que trabalha com dois tipos de radiação, âmbar e infravermelho. Prometendo a eliminação das olheiras, é caracterizado como um banho de luz e, conforme explicação do Cosmiatra e membro da Sociedade Brasileira de Medicina Estética Jardis Volpe, atua eficazmente na melhora das fibras de colágeno superficiais, no tratamento de manchas e tonifica a pele. Filho da alta tecnologia, as luzes âmbar e infravermelha, no contato com a pele, aumentam o metabolismo celular e realizam uma renovação.

O tratamento pode gerar um leve ressecamento, mas é indolor e não há risco de queimaduras. Jardis Volpe indica 8 a 16 sessões para obter-se resultado, tudo dependendo de como está o avanço das inimigas do universo feminino. Já foi testado por personalidades como Mônica Veloso, Helô Pinheiro e Angelita Feijó e não houve reclamações. Vale a pena provar!

Sérum K ADCOS Specific


Outra novidade no mercado é o lançamento da ADCOS em busca do rejuvenescimento desta frágil área de nosso rosto. Seu principal diferencial é o extrato de pétalas de orquídeas, revitalizante e hidratante que promove a ação antiidade. Indicado contra olheiras e as famosas bolsas, ajuda a firmar e despigmentar a pálpebra agredida, contém vitamina K e favorece para que a circulação local não nos deixe na mão. Ou, melhor dizendo, nas olheiras.



Serviço:

Clinica Volpe
(11)3889-9582
http://www.clinicavolpe.com/v1/

ADCOS
SAC: 0800 7221 123
www.adcos.com.br

Leia mais sobre: olheiras

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.