Pode comer sem culpa, mas é preciso ter alguns cuidados com a limpeza da pele; saiba como escolher o chocolate mais saudável

Páscoa é tempo de celebrações religiosas, reuniões familiares e muito chocolate. Para as pessoas que têm tendência à acne, essa também é uma época que pode trazer problemas para a pele. Mas dermatologistas afirmam: com cuidados específicos é possível comemorar a Páscoa sem abrir mão do chocolate e sem comprometer a saúde e beleza da pele.

Não precisa abrir mão do chocolate na Páscoa, mas faça escolhas inteligentes para não se arrepender
Thinkstock Photos
Não precisa abrir mão do chocolate na Páscoa, mas faça escolhas inteligentes para não se arrepender


Embora não existam estudos científicos que comprovem uma ligação direta entre o consumo de chocolate e o aparecimento de acne ou espinhas, alimentos muito gordurosos e com alto índice glicêmico podem sim piorar o processo inflamatório da pele e aumentar a produção das glândulas sebáceas. O chocolate se encaixa nos dois casos: tem muita gordura e alto índice glicêmico.

Isso não quer dizer que o chocolate seja um alimento proibido. “O chocolate não é um vilão. É um alimento muito rico em flavonoides, que são antioxidantes e fazem bem para a saúde, inclusive da pele”, explica Camila Moulin, dermatologista e membro efetivo da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Para evitar o aparecimento de cravos e espinhas sem abrir mão do chocolate, o mais importante é a moderação. “Pode comer sem culpa, mas não coma mais de 100 gramas de chocolate por dia”, aconselha Camila.

É melhor dar preferência aos chocolates amargos, com maior concentração de cacau e menos gordura que as versões ao leite. O chocolate branco deve ser a última opção: não contém pasta de cacau, só a manteiga, e é o mais gorduroso de todos. “Chocolates com castanhas ou amendoim também têm mais gordura que os chocolates comuns, e devem ser evitados”, diz Carolina Marçon, dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

Além da moderação e de escolher o chocolate certo, preste atenção nos cuidados com a limpeza da pele. Lavar o rosto duas ou três vezes por dia ajuda a controlar a oleosidade. Deve ser usado um sabonete específico para o rosto, que pode ter ativos como ácido salicílico, extratos vegetais ou enxofre. Os cuidados devem ser constantes, e não apenas na época em que se come mais chocolate.

Se as espinhas já apareceram, mantenha os dedos longe delas. “Nada de espremer espinhas ou utilizar receitas caseiras”, alerta Edith Horibe, cirurgiã plástica PhD pela Faculdade de Medicina da USP. O tratamento da acne deve ser acompanhado por um médico. “Podemos receitar remédios via oral, pomadas e loções. Mas o tratamento de acne é individualizado, de acordo com a necessidade de cada um”, explica.

Limpezas de pele feitas por profissionais podem ajudar a recuperar a pele que já tem acne, mas devem ser recomendadas por médicos dermatologistas. “Como cada pessoa precisa de um cuidado específico, não é recomendável procurar diretamente um esteticista. O tratamento deve ser orientado por um médico”, alerta Edith.

Leia também:
Cinco dicas para evitar poros dilatados
Tratamentos estéticos com ouro, diamante e caviar
Aprenda a cuidar de sua pele


>>> Assine a Newsletter , curta nossa página no Facebook e siga o @Delas no Twitter <<<

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.