Saiba como recuperar sua pele e prepará-la para o frio

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508703171&_c_=MiGComponente_C

O verão acabou ontem. Você viveu bons momentos, vestiu roupinhas leves, se bronzeou, curtiu o mar e a piscina. Foi bom, mas agora vêm as manchas, a pele áspera e ressecada, desvitalizada ... Mas, assim como o calor não dura para sempre, a sua pele também vai ficar linda de novo. Separamos algumas dicas de dermatologistas e clínicas de estética para você saber como ressuscitar sua pele agora mesmo.

A exposição ao sol, ao mar, ao cloro resseca a pele mesmo, não tem como fugir. Mas para tudo voltar ao normal não é muito difícil ¿ é só você estabelecer uma rotina de cuidados básicos para que a pele consiga de volta toda a saúde que perdeu. A rotina é: esfoliação e hidratação .

Esfoliando a pele
A esfoliação é importantíssima, porque ela vai tirar da superfície da sua pele as células mortas , o que vai abrir caminho para a hidratação que vem depois. Mas calma lá: só uma vez por semana, ok? (Do contrário, você pode até se machucar.)

Você pode esfoliar seu rosto e corpo com algum bom produto facilmente encontrado em drogarias ou então fazer você mesmo seu esfoliante. É fácil e gostoso: duas colheres (sopa) de suco de limão com uma colherzinha de açúcar. Se quiser, misture um pouquinho de sabonete líquido para que a aplicação fique mais fácil. Passe o produto sobre a pele úmida e faça movimentos circulares e suaves. Enxágue e seque a pele, e aplique seu hidratante. Pronto!

Tratamentos estéticos
Algumas vezes, tratamentos caseiros não são suficientes para combater o ressecamento e as manchas da pele causadas pelo sol, o vento, o sal do mar e o cloro a que somos expostos no verão.

Uma boa alternativa são os aparelhos exclusivos de clínicas de estética e dermatologia ¿ os dermatologistas podem indicar produtos para serem usados junto com os aparelhos (ativos hidratantes, antioxidantes ou clareadores), o que vai acelerar a recuperação da pele . Saiba quais são os mais indicados para esse período pós-verão/pré-inverno, segundo o cosmetólogo Orlando Sanches e o especialista em Medicina Estética Dr. Geraldo Martinato:

*Ultra-som Facial
Trata-se do mesmo antigo e conhecido ultra-som, mas agora com um novo uso: novas pesquisas mostraram que quando esse equipamento é utilizado com uma potência extremamente baixa ele pode causar uma reorganização do colágeno da pele do rosto e do pescoço, tornando as linhas finas (as ruguinhas) menos perceptíveis e provocando uma maior tonicidade à pele (redução da flacidez).

*Rádio-frequência Facial (Spectra)
Agora uma versão puramente brasileira, o Spectra - gerador de ondas de rádio-frequência - causa uma potente reconstrução das fibras colágenas, tornando a pele muito mais firme e reduzindo substancialmente a profundidade das rugas e marcas de expressão.

*Eletroporação
Veio para tratar daquelas pessoas com medo de agulhas, mas que precisam de um tratamento mais forte quando se fala em penetrar princípios ativos visando tratar de manchas, rugas, flacidez, acne, etc.  É excelente aliada aos outros tratamentos faciais, pois potencializa em até 400 vezes o resultado de um cosmético aplicado topicamente na pele.

*Carboxiderm + Compact Skinporation
Este tratamento tem como objetivo recuperar a pele, rejuvenescendo-a e minimizando os sulcos e as linhas de expressão, além de conseguir uma melhora da microcirculação local através do Carboxiderm. Além disso, a combinação dos dois aparelhos promove uma microdermoabrasão na região, fundamental para retirar as células mortas.

Enquanto o inverno não chega...
Vá preparando a sua pele! Deixe-a pronta e linda para enfrentar o frio: esfolie-a toda semana, e hidrate-a todos os dias .

E não se esqueça do protetor solar, todos os dias, de FPS no mínimo 20, no rosto. Mesmo que esteja nublado, combinado? Chegando ao inverno com a pele bem hidratada, você vai ver a diferença que vai ser na hora de pegar aquela cor no verão que vem: menos manchas, mais brilho e mais saúde.

Leia mais sobre: pele

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.