Essa técnica era muito procurada pelas mulheres anos atrás. Descubra o que mudou e novos procedimentos que os médicos indicam para deixar a pele bronzeada sem sol

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508688823&_c_=MiGComponente_C

Acordo Ortográfico

Há poucos anos era muito comum ver mulheres febris pelo bronzeamento artificial. Todo mundo queria ficar queimadinha sem ir à praia, e em qualquer estação do ano. Mas é nítido que a procura caiu muito. Segundo a especialista em estética e medicina chinesa Blanch Marie, do spa urbano que leva seu nome em São Paulo, isso acontece porque as pessoas estão agora mais preocupadas com o envelhecimento da pele , e não com o bronzeado dela. E a dermatologista Taíse de Negreiros é direta: Câmara de bronzeamento faz mal.

A dermatologista cita que já foram feitos vários estudos americanos que revelam o aumento da incidência de melanoma ¿ um tipo de câncer de pele que causa metástase ¿ entre os pacientes que fazem bronzeamento artificial várias vezes por ano. O conselho da médica é não passar por esse tipo de procedimento. Mesmo para quem faz poucas sessões, ela não aconselha.

De qualquer maneira, o bronzeamento artificial colabora para o envelhecimento da pele. E é difícil confiar. A médica explica o motivo. Essas câmaras só emitem UVA, que causa a perda do colágeno, contribui para rugas, manchas e, também, para o câncer de pele. Algumas, bem poucas, usam UVB, que é aquela luz que causa mais vermelhidão e é mais superficial. Mas, não dá para saber ao certo o quanto de radiação a pessoa recebe. E aí mora o perigo. Essas lâmpadas precisam estar sempre em manutenção, porque senão pode estar emitindo muito mais radiação do que deveriam. É arriscado confiar, alerta ela.

A opção: autobronzeador
Já o autobronzeador, Taíse indica. Pode usar à vontade, pois é um produto que reage à queratina da pele e é muito superficial . Ele só deposita o pigmento, por isso, não há riscos, garante a especialista. Existe, ainda, uma nova forma de bronzeamento em clínicas, a jato, que ela também diz que é confiável. A cor não dura muito. Conforme a pessoa vai tomando banhos, vai desbotando. E em algumas pessoas a pele fica mais alaranjada. Mas, mesmo assim, para ela, é uma ótima pedida. É melhor do que arriscar a saúde."

As pessoas já estão sentindo que a exposição excessiva no sol pode prejudicar a saúde e, também, causar o envelhecimento precoce . Todos estão tomando consciência de um bronzeamento com mais qualidade e menos agressão à pele, tomando sol com moderação, diz Blanch Marie. E ela dá o mesmo alerta que a médica. As lâmpadas usadas em bronzeamento artificial são tão prejudiciais quanto o sol e causam os mesmos problemas. O melhor mesmo é usar os autobronzeadores, que não causam nenhum tipo de dano, somente se você for alérgico a um dos componentes da formula, reitera.

Bronzeamento em spray
O Instant Bronze é um bronzeamento a jato , feito com água e corantes, que não agride a pele, como os feitos em câmaras. A substância utilizada é a mesma dos autobronzeadores. O processo começa com uma esfoliação, para retirar as células mortas e resíduos de outros produtos. Depois, o jato. O bronzeamento deixa a cor uniforme e dura cerca de dez dias, diz Diane Marinho, esteticista da clínica Longevitá, no Rio de Janeiro. A sessão dura cerca de noventa minutos e custa R$ 150.

O bronzeamento é feito com a pistola que envia um jato em spray.  Começa pela frente do corpo, mais precisamente pelas pernas e, em seguida, sobe para barriga e termina na região peitoral. Atrás, faz o mesmo percurso: começa pelas pernas e vai subindo. Se a cliente pedir, é possível dar uma leve jateada no rosto , completa a esteticista. Depois disso, é só esperar secar por cinco minutos na frente de um ventilador e sair por aí exibindo a cor nova.

Diane dá algumas dicas para fazer esse tipo de bronzeamento artificial:
*
Vá de biquíni no dia de se bronzear. Por cima, opte por roupas mais folgadas. Nada colado ao corpo
* Não use produtos na pele neste dia, como cremes, desodorantes ou perfumes
* Em casa, o primeiro banho deve ser feito oito horas depois do bronzeamento
* Para a cor durar mais, utilize um bom creme hidratante

Leia mais sobre: bronzeamento

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.