Ter preguiça de passar creme logo depois do banho ou aflição de sentir a pele grudando deixou de ser um problema. Veja como aplicá-los e quais marcas oferecem esta praticidade

Com as temperaturas mais baixas, nem sempre dá vontade de passar creme depois de sair do chuveiro. Para facilitar o ritual de beleza diário, o hidratante de banho, produto já recorrente no banheiro das mulheres americanas – lá batizado de hidra body shower – tem aparecido de mansinho nas farmácias brasileiras. "Ele é relativamente novo por aqui, mas já é usado há muito tempo em outros países. Como ele é mais fluido que o convencional, é uma ótima opção para quem não gosta de ter aquela sensação de que a pele está grudando e não tem paciência ou hábito de usar cremes", afirma Helua Mussa Gazi, dermatologista e diretora da Clínica Belle Santé.


Ao tomar banho, evite a água quente e a bucha para não retirar o manto hidrolipídico – camada da pele que ajuda a evitar infecções e protege contra pó, fungos e bactérias presentes no ar – e prevenir o ressecamento. "Como a esponja é abrasiva, o ideal é aplicar sempre com as mãos", diz Amilton Macedo, dermatologista com prática em oxidologia e responsável pela beleza de celebridades como Sabrina Sato, Fernanda Motta, Débora Falabella, Mirella Santos e Mariana Weickert.

No último enxágue, após usar o sabonete, aplique o hidratante e passe água para retirar o excesso, assim como normalmente se faz com o óleo. "Como o inverno propicia um ambiente seco e frio, o suor e a lubrificação da superfície cutânea são menores. Por isso, a hidratação é fundamental para evitar fissuras, coceiras, lesões e dermatites atópicas", lembra a médica.

Óleo ou hidratante de banho?
O hidratante com o qual estamos acostumados é uma loção ou um creme com substâncias que conseguem absorver a água do ambiente e preservá-la no corpo, como ureia, lactato de amônio, óleo de silicone ou manteiga de karité. Já o óleo não tem a capacidade de hidratar: ele funciona como uma barreira para impedir a perda de água da pele. "Isso quer dizer que ele não nutre sozinho", reforça Helua.

Geralmente, não existe necessidade de usar óleo depois do hidratante de banho, mas se a pele for extremamente ressecada, está liberado. “Só tome cuidado para não escorregar! Ele pode provocar quedas por conta dos resíduos que ficam no chão do banheiro”, diz Macedo. O produto para a ducha, como dito acima, consegue nutrir bem, principalmente as regiões onde as mulheres capricham na aplicação – caso do bumbum, da barriga e das pernas. Pode acontecer, no entanto, de outras áreas, como pés ou cotovelos, pedirem um creme específico mais potente. Tem mesmo que sentir.


Onde encontrar hidratantes de banho

Dermage - 0800 024 1064
Le Lis Blanc Beauté - 0300 770 5505
Monange - 0800 011 1145
Natura - 0800 115 566
Nivea - 0800 776 4832
O Boticário - 0800 413 011

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.