Conhecido nos EUA como “Vampire Facial”, tratamento promete reverter os sinais de envelhecimento ao injetar seu sangue no rosto, pescoço e colo

A foto é de arrepiar: a socialite Kim Kardashian com o rosto banhado em sangue. Mas não foi um acidente ou nada do tipo que fez com que Kim ficasse assim. O banho de sangue foi feito para fins estéticos. Kim apostou no “Vampire Lift” para cuidar da pele. E o tratamento foi exibido no reality show “Kourtney & Kim Take Miami”, exibido nos EUA pelo canal E!

Kim Kardashian publicou a foto de seu rosto banhado em sangue após o
Reprodução / Instagram
Kim Kardashian publicou a foto de seu rosto banhado em sangue após o "Vampire Facial"

O tratamento consiste em retirar uma quantidade de sangue da paciente, centrifugar em um equipamento especial, isolando e concentrando as plaquetas, e então reinjetar o plasma rico em plaquetas no rosto, pescoço e colo. Segundo os médicos adeptos da prática, isto estimularia a produção de colágeno, deixando a pele mais firme e jovem.

Embora Kim Kardashian tenha afirmado que “ama qualquer coisa que faz você parecer e se sentir mais jovem”, a experiência não foi exatamente prazerosa. Kim passou o procedimento todo reclamando da dor que sentiu, e, depois disse que jamais fará um lifting no rosto se a sensação for parecida com a do “Vampire Facial”

Nos Estados Unidos o “Vampire Facial” é permitido, mas no Brasil não. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não reconhece o procedimento, que é chamado de auto-hemoterapia, e os estabelecimentos que não cumprirem a lei e fizerem esse tipo de tratamento podem ser notificados, multados e até interditados.

Leia também
Creme de placenta de ovelha ou muco de caracol: você usaria?
Os tratamentos das estrelas de Hollywood para conquistar a pele perfeita
As celebridades amam perucas e apliques



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.