O que é UVA e UVB? Quantas vezes ao dia devemos reaplicar? Consultamos especialistas para responder as perguntas mais comuns quando o assunto é proteção solar

Os dermatologistas não cansam de falar: protetor solar é item de uso obrigatório, para todas as pessoas, durante todo o ano. Mas é quando chega o calor, os feriados do fim do ano e as férias escolares que todo mundo se lembra de se proteger: 80% das vendas de protetor solar acontecem no verão. Mas não adianta nada comprar o protetor solar e não usar da maneira correta. Por isso preparamos um guia para tirar todas as dúvidas sobre proteção solar e aproveitar o sol e o calor da maneira mais saudável possível.

Protetor solar no dia-a-dia é importante, mas na praia ou na piscina é obrigatório! Use generosamente e não se esqueça de reaplicar
Thinkstock
Protetor solar no dia-a-dia é importante, mas na praia ou na piscina é obrigatório! Use generosamente e não se esqueça de reaplicar

1 – Tomar sol faz mal à saúde?
Se a exposição ao sol ocorrer em horários adequados e com proteção, traz sim benefícios à saúde: é responsável pela síntese de vitamina D, regulação do ritmo biológico e proporciona bem-estar. Mas sem proteção e cuidado, o sol pode causar queimaduras doloridas, fotoenvelhecimento e até câncer de pele.

2 – O que significam as siglas UVA e UVB que aparecem no protetor solar?
Estas duas siglas dizem respeito às radiações emitidas pelo sol. A UVA é a radiação que causa manchas, envelhecimento e câncer de pele. A UVB é responsável pelos efeitos mais imediatos do sol sobre a pele: queimaduras, inflamações e vermelhidão. O protetor solar deve ter fator de proteção contra estas duas radiações, pois ambas são prejudiciais à saúde.

3 – O que quer dizer o número do protetor? Faz diferença usar um protetor 30 ou 50?
O número é o fator de proteção solar daquele produto, e só diz respeito à proteção referente à radiação UVB. O número indica quantas vezes mais você pode tomar sol sem se queimar, se comparado com a pele sem proteção. Então se a pele leva 5 minutos para se queimar quando desprotegida, com um FPS 10 ela levaria 50 minutos. Com o FPS 30, levaria 150 minutos.

Os novos protetores solares incluem em suas embalagens também o fator de proteção solar para a radiação UVA, então você pode encontrar embalagens que indicam FPS 30/FPUVA 10, por exemplo. A lógica para calcular durante quanto tempo a pele está protegida é a mesma, mas em vez de considerar o tempo que a pele leva para queimar, considera-se o tempo que a pele leva para pigmentar - o que é um processo de proteção da pele contra o envelhecimento.

O tempo que a pele leva para queimar ou pigmentar varia de pessoa para pessoa, de acordo com a cor da pele e a sensibilidade ao sol.

4 -Como descobrir qual é o protetor solar ideal para mim?
O melhor jeito de descobrir o fator de proteção ideal para você é pensar em sua relação com o sol e na cor de sua pele. Se você não se bronzeia, e fica vermelho mesmo com pouca exposição ao sol, precisa usar um fator de proteção alto, de 50 ou 60; Se você costuma se bronzear, mas de vez em quando ganha queimaduras, pense em um protetor com fator de proteção médio, como o 30. Se você quase nunca fica vermelho, pode usar o fator de proteção 15.

5 - Meus filhos podem usar o mesmo protetor solar que eu?
Crianças de até seis meses de idade não podem usar protetores solares, pois são muito sensíveis aos componentes químicos do produto. O ideal é que elas se protejam do sol com roupa e chapéu, e jamais sejam expostas ao sol forte do horário entre 10h e 17h, no verão. Depois dos seis meses o ideal é usar protetores solares especialmente formulados para a pele das crianças, com menos produtos químicos e mais filtros físicos.

6 - Posso usar o mesmo protetor solar no corpo e no rosto?
Alguns protetores solares desenvolvidos para o corpo são mais densos e oleosos que os protetores feitos especialmente para o rosto. Se você tem pele oleosa e predisposição para ter espinhas, o protetor do corpo pode piorar a situação. Prefira protetores solares desenvolvidos para a pele do rosto, que é mais delicada.

7 - Quando devo passar o protetor solar?
É importante passar o protetor solar antes de sair de casa e se expor ao sol. Deixar para passar na praia faz com que você tome sol sem proteção por algum tempo. Passe cerca de meia hora antes de sair de casa, para que o produto seja absorvido e faça efeito.

Além disso, para garantir a eficácia do produto, reaplique a cada duas horas, ou antes caso você transpire muito ou entre na água do mar ou da piscina. Mesmo se o produto for resistente à água, é necessária a reaplicação.

A menos que o protetor solar seja específico para aplicação na pele molhada, você deve se secar antes de reaplicar o produto.

8 - Quanto protetor solar devo passar para garantir a proteção?
Não dá para economizar para o tubo de protetor durar mais tempo: o produto deve ser espalhado com generosidade. As medidas aproximadas para proteger todo o corpo são: meia colher de chá de protetor no rosto; meia colher de chá para cada braço; uma colher de chá para cada perna, uma colher de chá para o tronco e outra para as costas.

9 - Eu uso maquiagem, em que momento devo passar o protetor solar?
O protetor solar deve ser a última coisa que você passa no rosto antes da maquiagem. Para reforçar, use base, corretivo, pó e batom que também tenham FPS, e não esqueça que é preciso reaplicar. Na praia é fundamental reaplicar de duas em duas horas. Na cidade, se você trabalha em um lugar fechado, pode aplicar de manhã e reaplicar apenas antes do almoço.

10 - Se eu ficar só na sombra do guarda-sol ou no quiosque da praia, preciso usar protetor solar?
Precisa sim, não descuide! A areia e a água do mar refletem a radiação solar, e mesmo na sombra você pode se queimar. Se proteja para garantir um verão sem bolhas, queimaduras e danos que podem ser irreversíveis.

Agradecimentos: José Paschoal Rossetti Filho, especialista em estética facial e corporal; Jardis Volpe, dermatologista; Academia de Beleza Natura

>>> Assine a Newsletter , curta nossa página no Facebook e siga o @iGBeleza no Twitter <<<

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.