A moda do chá verde começou com ele sendo mais um ingrediente milagroso da última ¿dieta do momento¿

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508656658&_c_=MiGComponente_C

Mas os benefícios que o chá verde traz à saúde fizeram com que o uso superasse os modismos. Cada vez mais essa bebida faz parte do dia-a-dia das pessoas preocupadas com a qualidade de vida.

Uma pesquisa publicada no American Journal of Clinical Nutrition , conceiturada revista da Sociedade Americana de Nutrição, acompanhou dois grupos de pessoas acima do peso. Enquanto um bebeu cerca de oito xícaras do chá por dia, o outro somente seguiu uma dieta de baixa caloria. No final do estudo, o grupo que fez uso do chá verde queimou, em média, 4% a mais de gordura do que o grupo que somente seguiu a dieta sem o chá.

Além de acelerar o metabolismo, a nutricionista Cibele Crispim, da RGnutri, lembra que as propriedades vão mais longe. O consumo podem trazer diversos benefícios como a diminuição das taxas de colesterol, emagrecimento, melhora do sistema imunológico, proteção da pele contra os efeitos nocivos do sol, prevenção de doenças cardiovasculares, câncer e cáries, explica a nutricionista.

Chá branco

Outro chá que vem despontando no universo das dietas é o chá branco. Ele tem as mesmas características e componentes do chá verde, mas é ainda mais poderoso. Como o chá branco é menos processado, as suas propriedades ficam mais concentradas o que acelera e potencializa os benefícios.

Mais propriedades dos chás

- Os bioflavonóides e catequinas ajudam a prevenir alguns tipos de câncer, artroses e obstrução de artérias, pois bloqueiam as alterações celulares que dão origem aos tumores

- Os flavonóides são substâncias antioxidantes que neutralizam os radicais livres responsáveis pelo envelhecimento celular precoce

- O tanino previne doenças cardíacas e circulatórias e ajuda a equilibrar peles oleosas

- Os polifenóis e a cafeína aceleram o metabolismo e ajudam a queimar gordura corporal.

Esses chás funcionam da mesma forma que os alimentos funcionais, ou seja, além das propriedades nutricionais que fazem bem à saúde, também apresentam substâncias que ajudam na prevenção de algumas doença.

Contra-indicação

A única restrição fica por conta das pessoas que apresentam insuficiência renal: o potássio contido no chá pode prejudicar os rins. Segundo a nutricionista Cibele Crispim, o chá deve ser consumido com cautela por quem sofre de distúrbios no sistema nervoso central, pois contém quantidades significativas de cafeína que podem provocar insônia, ansiedade e irritabilidade.

Prontos para beber

Algumas marcas comerciais de bebidas enxergaram nesses chás, um grande mercado consumidor, que procura produtos saudáveis e de baixa caloria. Existem nas prateleiras dos supermercados opções à base da planta Camellia sinensis que vêm prontos para beber:

A empresa Wow batizou seu chá-verde como Feel Good. Além da opção natural, existem outros sabores: suco de laranja e gengibre ou a versão a base de soja. Nessa mesma tendência, a fábrica já começou a comercializar também o chá branco.

A Lipton, conhecida pelo Iced Tea, lançou em novembro o chá verde com sabor de limão, em lata de 340 ml.

A Matte Leão criou uma linha composta pelo Green Tea Soy, com sabor de limão e uma versão levemente gaseificada, sem adição de açúcar, o Green Tea Spree.

Embora saborosas, segundo a nutricionista Renata Buzzini, essas versões industrializadas perdem parte dos nutrientes benéficos à saúde. Para quem pretende aproveitar todo o potencial do chá, o interessante é comprar pacotes com folhas secas, ressalta Renata.

Modo de preparo

A preparação requer alguns cuidados: a água deve ser aquecida até começar a ferver e depois adicionar as folhas de chá. A chaleira deve permanecer tampada durante cinco minutos. Renata avisa: a infusão não pode passar desse tempo, pois a bebida fica com um gosto amargo.

Outro cuidado importante é na hora de escolher os pacotes. Procure sempre os que tenham filtro solar e que isolem a entrada de ar mesmo depois de aberto para não haver a oxidação do produto, aconselha a nutricionista

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.