Aplicativos para iPhone facilitam rotina de beleza das mulheres

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237509644635&_c_=MiGComponente_C

Taylor Disher, estudante de marketing de 22 anos de Toronto, encontrou recentemente uma maneira útil de encurtar sua rotina de beleza. Ao invés de experimentar camadas grudentas de gloss em uma gôndola de farmácia, ela se divertiu testando 20 tonalidades diferentes de batom dentro do trem, a caminho da escola, usando um aplicativo do iPhone chamado MakeUp.

Não sou muito chegada à maquiagem, mas o aplicativo parecia divertido, disse Disher, que baixou o MakeUp na Apple App Store algumas semanas atrás. Usando a tecnologia de reconhecimento facial do aplicativo, ela conseguiu diversas rodadas de gloss pixelado em seus lábios pixelados (em um upload de sua foto) até chegar ao tom de rosa perfeito. No dia seguinte fui à farmácia e consegui encontrar o mesmo tom em dois batons diferentes. Um deles tinha muito brilho, então comprei o outro e agora o uso o tempo todo, disse a estudante.

Entre no mundo da beleza virtual: Gloss labial: US$9. Aplicativo MakeUp: US$0,99. Tempo ganho: Não tem preço. É com este cálculo que a ModiFace, empresa que criou o MakeUp, e inúmeros outros desenvolvedores de aplicativos relacionados à beleza para o iPhone e o iPod Touch esperam impactar as massas ¿ transformando o negócio em parcerias lucrativas dentro do segmento de beleza, que chega a movimentar US$43,2 bilhões nos Estados Unidos. Os aplicativos voltados para a beleza são um mercado em grande expansão, disse Sunil Verma, fundador da empresa de análise e propaganda móvel Mobclix.

Como exceção de aplicativos voltados para a beleza que entram na categoria entretenimento, há também um elemento da área da saúde. Vemos este segmento de aplicativos como um dos componentes que cresce mais rapidamente na categoria de saúde e forma física, também, disse Verma.

Embora alguns dos primeiros aplicativos do gênero dessem ao usuário a oportunidade de copiar o visual de rostos famosos, como o de Angelina Jolie, alguns dos mais recentes são mais utilitários. Eles não só permitem que o usuário avalie seus próprios rostos fotografados (e compare seus resultados com os de Megan Fox, por exemplo), mas também encontre serviços de beleza nas redondezas. Eles também oferecem acesso a dicas e tutoriais, mais fácil do que comprar em lojas de cosméticos como a Sephora - com suas inúmeras opções de produtos ¿ ou ainda como aplicar um determinado delineador.

A realidade expandida, tendência muito em alta no desenvolvimento tecnológico, poderia significar que o usuário de um aplicativo pudesse explorar virtualmente, digamos, a recém-renovada seção de cosméticos da loja de departamentos Bloomingdales, em Nova York, experimentando e comparando produtos, recebendo conselhos de especialistas do segmento e fazendo compras ¿ tudo isso sem se levantar do seu sofá.

Certamente vemos muitas possibilidades nessa área, disse Judith Curr, vice-presidente executiva e publisher da Atria Books, divisão da editora Simon & Schuster. A Atria escolheu a obra Return to Beauty, de Narine Nikogosian, entre os quatro aplicativos inaugurais da marca, desenvolvidos em formato vook ¿ híbrido de livro e conteúdo multimídia. As mulheres são o público alvo perfeito para isso. Você pode estar esperando seu filho no treino de futebol, ou em qualquer outro lugar, e ter essas informações úteis sempre à mão, disse Curr.

É crescente o número de marcas reconhecidas do segmento de beleza que estão entrando nesse mercado. A maquiadora Carmindy, estrela do programa What Not to Wear do canal TLC, está lançando seu próprio aplicativo em abril para coincidir com a publicação de seu guia de beleza, Crazy Busy Beautiful. Quero estar dentro da bolsa das mulheres, lá no banheiro, quando ela estiver se preparando para aquela reunião de negócios ou um encontro com um pretendente, disse Carmindy, que também criou a linha de produtos de beleza Sally Hansen Natural Beauty.

A Lancome e a LOreal Paris já têm seus aplicativos. E outra grande marca do segmento, a Avon, e sua marca irmã Mark, entraram no mercado neste outono com aplicativos cheios de vídeos customizados, artes gráficas e conteúdo editado enxuto com suas últimas tendências de outono. Temos uma visão holística sobre isso, disse Annemarie Frank, diretora de alianças digitais e estratégicas da Mark. Queríamos destacar nossas tendências de inverno para nosso público alvo, formado por pessoas muito integradas à era digital. Por isso, existe melhor maneira de levar até elas as tendências mais fortes e como incorporá-las à sua própria vida do que através de seu celular?.

Enquanto muitos aplicativos permitem que o usuário experimente produtos e crie visuais imaginários, como um estilo punk com olhos bem marcados ou cabelos descoloridos espetados, outros novos aplicativos, como o iSurgeon, já estão subindo as apostas. Por que não ver como você ficaria com os lábios carnudos? Com aplicações de Botox? Com um lifting facial? É claro que isso não trás princípios matemáticos de beleza e é apenas uma amostra do que um procedimento realmente faria em um indivíduo, disse o Dr. Frederick Lukash, cirurgião plástico que atende em Manhattan e em Manhasset, Nova York. Pode ser divertido e até um negócio frutífero, mas, no final, isso não passa de uma brincadeira de salão.

Você também pode ficar linda na foto com esses aplicativos
MAKEUP:
Lançado no início de novembro por US$0,99, o aplicativo oferece ao usuário quase 100 tonalidades de blushes e batons para experimentar em imagens baixadas, além de diversas cores de delineadores, sombras, rimeis e bases. O usuário também pode comparar, lado a lado, as fotos do antes e depois.

IMIRROR: Lançado no final de outubro por US$0,99, o aplicativo disponibiliza uma moldura em volta de uma imagem fotográfica do usuário, permitindo checar a maquiagem, ajustar o cabelo e reaplicar o batom.

VANITY: Lançado em julho por US$2,99, o aplicativo tenta dar uma resposta definitiva à antiga pergunta: Sou atraente? Com dois conjuntos de matrizes, uma para homens e outro para mulheres, este aplicativo permite que o usuário baixe uma foto, avalie e classifique a imagem em uma escala de 1 a 10.

Leia mais sobre: maquiagem

    Leia tudo sobre: maquiagem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.