Pele toda nude, e olho preto contemporâneo: Marcos Costa cria maquiagem marcante para Lino Villaventura

A ideia para os olhos pretos bem marcados do desfile de Lino Villaventura nasceram de um tecido usado pelo estilista na coleção. “Olhei para o tecido, achei a textura maravilhosa e quis transferir para o olho das modelos”, diz o maquiador Marcos Costa.


O olho preto feito para Lino Villaventura, porém, não é um esfumado de festa ou anos 1980. É uma forma contemporânea de usar o olhão preto, e deve ser usado em ocasiões especiais. O esfumado é feito com lápis cremoso e sombra de alta cintilância. Costa elogia a versatilidade do preto, que classifica como “eterno”.

A pele é bem clean, feita com base mousse. “É tudo nude no rosto. A boca é apagada com base, mas levemente delineada. Nas maçãs do rosto, bronzer com uma cor que não chama muita atenção. Damos apenas uma sujadinha no rosto das modelos”, explica Costa.

O iluminador foi usado para um efeito inusitado. Aplicado na parte externa dos olhos, ao lado da sobrancelha, a intenção foi criar um ar de melancolia nas modelos.

O cabelo é natural, com rabo de cavalo baixo e bem preso “é um penteado embutido e simples”, completa Marcos Costa.

    Leia tudo sobre: Maquiagem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.