Delineador 'da mulher que sofre' e cabelos com gel de efeito molhado fazem a diferença no desfile de Vitorino Campos

O filme francês “A Liberdade é Azul” foi a inspiração de Vitorino Campos para sua coleção Inverno 2015. “O filme é supertocante”, opina a maquiadora Fabiana Gomes, que assina a beleza do desfile. No filme há uma cena bem simbólica, em que a personagem principal mergulha em uma piscina. “Então estamos falando de um look bem molhado”, explica Fabiana.


O cabelo assinado por Krisna Carvalho tem textura molhada. Para alcançar este resultado, foi usado muito gel, aplicando o produto mecha por mecha. O pente de dentes largos é essencial para o look. “O penteado é despojado, como se alguém tivesse acabado de passar a mão pelo cabelo todo. O pente ajudou muito nesse aspecto”, diz Carvalho.

Além disso, o cabelo é dividido para o lado para dar um efeito “pega rapaz”. E para não eliminar o volume da raiz e evitar o efeito “lambido”, o gel não chega perto da raiz.

Na maquiagem, o destaque vai para o delineador vermelho, “cor de sangue, da mulher que sofre”, como define Fabiana. A linha é fina, rente aos cílios, e feita com o Mixing Medium Gel, da linha profissional da M.A.C., e pigmento vermelho.

O iluminador foi utilizado praticamente no rosto inteiro, e, para finalizar o look, um mix de glicerina e água foi aplicado no rosto das modelos “O efeito molhado domina todo o look”, completa a maquiadora.

    Leia tudo sobre: Maquiagem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.