Nem sempre é fácil encontrar os produtos certos para maquiar a pele negra. Mas com as dicas do maquiador Willians Santos, a leitora Paula Coelho não erra mais! Veja as fotos

A tradutora Paula Coelho sempre teve problemas para encontrar produtos que combinassem com seu tom de pele: várias das bases que experimentou, por exemplo, deixavam sua tez acinzentada ou fugiam completamente ao tom. Para tentar resolver a situação, Paula mistura tons diferentes que encontra por aí, mas nunca com 100% de satisfação. O maquiador Wilians Santos, da Clinique, escutou suas queixas e criou dois looks para que ela fizesse as pazes com a maquiagem.

Antes de começar a colorir o rosto de Paula, Santos destacou a importância da pele bem cuidada. Com limpeza, esfoliação e hidratação, a pele fica mais receptiva à aplicação da maquiagem e mais iluminada, pois as células mortas e a sujeira vão embora. Por isso, sempre antes de começar a se maquiar, é importante prepará-la.


Com o rosto limpo e hidratado, chega o momento que sempre complica a vida de Paula: escolher a base. “Para achar o tom certo da base, você deve compará-la à cor da pele na linha do maxilar, pois essa área quase não toma sol”, explica Santos. Também é importante comprar uma base no tom mais claro do rosto, pois a pele negra tem tendência a desenvolver manchas mais escuras.

Para combinar com a pele de Paula, Santos separou os três tons mais escuros da linha de bases Pore Refining Solutions, da Clinique. Essa base, além de trazer uma boa variedade de cores e ser hipoalergênica, ajuda a disfarçar poros muito abertos e a controlar a oleosidade da pele - o que é importante, pois a pele negra costuma ser oleosa.

A cor escolhida para Paula foi a Golden que, para surpresa da tradutora, casou perfeitamente com seu tom de pele. “Se a cor não ficar igual à pele, eu sugiro misturar mais de um produto”, explica Santos. Para finalizar a pele e selar a base, Santos aplicou um pouco de pó na zona T, a região mais oleosa do rosto.

Pele perfeita pronta, hora de partir para os olhos. Como o primeiro look criado por Santos é focado no dia a dia, o maquiador optou por cobrir as pálpebras de Paula com uma sombra cremosa em tom bronze. “Essa sombra fica bonita em qualquer tom de pele, mas nas peles negras ela acende e fica incrível”, conta Santos.

Para o look ficar bacana, é fundamental esfumar bem a sombra. Como o produto usado é de textura cremosa, Santos usou os dedos para esse passo, sempre movimentando-os em direção ascendente, para o olhar não fica caído. Por fim, Santos arrematou os olhos com muita máscara de cílios em cima e embaixo, para destacar o olhar.

Finalizando o look casual, Santos decidiu aplicar um blush para dar saúde e definição ao rosto. Em vez de um produto tradicionalmente usado nas bochechas, Santos escolheu um bronzer levemente dourado. “Bronzers e blushes terrosos são perfeitos para peles negras”, ele recomenda, “já os rosinhas deixam a pele acinzentada, feia”. Outra opção dada por Santos é usar uma base um pouco mais escura nas bochechas, para dar destaque.

Por último, mas não menos importante, os lábios. Para Paula, foi escolhido um tom de coral cremoso, que foi aplicado com o auxílio de um pincel para maior definição do contorno da boca. A cor, vibrante, ganha ainda mais destaque em contraste com as peles negras, assim como magentas e vermelhos. “Na pele negra, as cores ficam incríveis”, conta Santos, “mas algumas são bem difíceis de usar, como o rosa bebê”.

Aproveitando a pele perfeita do visual diurno, Santos partiu para um look perfeito para a balada. Com um demaquilante, o maquiador retirou somente o batom, mas manteve a sombra, a base, o pó e o blush como estavam.

Característica forte dos looks noturnos, os olhos marcados foram a aposta de Santos, mas ele fugiu do tradicional. “Em vez de um olho preto, escolhi usar um azul escuro”, conta, “isso porque essa cor fica radiante na pele negra”. Com uma sombra cremosa no tom escolhido, Santos preencheu toda a pálpebra móvel de Paula, por cima da bronze usada no outro look. A cor também foi aplicada na parte inferior dos olhos e esfumada com os dedos.

Para criar mais profundidade e definição, Santos usou um lápis em um tom mais escuro rente aos cílios superiores e esfumou com o auxílio de um esfuminho. “Isso cria um degradê e a cor não fica tão chapada”, explica o maquiador. Para finalizar os olhos, muita máscara de cílios. Aqui, o ideal é remover a máscara que estava antes, pois muitas camadas podem criar grumos indesejados nos cílios.

Como os olhos receberam todo o destaque do look, Santos usou um batom nude nos lábios de Paula, para “apagá-los”. Aqui, não foi usado pincel, pois o contorno da boca não precisa ser bem definido. Com passos práticos, a maquiagem ficou pronta.

Para finalizar o look noite, o cabeleireiro Marcelo Prado desfiou os cabelos de Paula para eles ficarem bem volumosos e os prendeu só de um lado. Resultado final: diva.



    Leia tudo sobre: Maquiagem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.