Aprenda a diferença entre as escovinhas e fórmulas de máscara, e descubra qual a maneira ideal para aplicar o rímel e ganhar olhos maravilhosos

Alongar? Dar volume? Curvar? Ou todas as alternativas? Essas perguntas são as primeiras que devem ser feitas quando o assunto for comprar rímel. Saber que efeito quer para o seu olhar é essencial para acertar na escolha de uma máscara que vá deixá-la ainda mais bonita. “É preciso pensar no que os cílios já têm, se há volume, se eles são curvados ou longos naturalmente. Às vezes, o produto que a sua amiga usa não funciona para você. O que a pessoa gosta também é importante. Se você é fã de cílios bem cheios, com muito volume, tem de buscar uma máscara que tenha essa característica”, explica Vanessa Rozan, maquiadora oficial da Maybelline.

Leia também: Como usar sombra rosa, a tendência queridinha do red carpet

Veja dicas de como passar a máscara de cílios
David Arrais
Veja dicas de como passar a máscara de cílios


Mariana Ishizaka, maquiadora oficial da Benefit, acrescenta que é interessante ter opções para usar tanto de dia quanto à noite. “Para o dia a dia, uma máscara de efeito menos dramático é bacana. Já à noite, em uma festa, invista em um produto que resista à água - ao choro em um casamento, por exemplo - e mais dramática. É legal ainda ter um rímel colorido”, fala.

Os aplicadores das máscaras fazem toda a diferença para o resultado, garantem os especialistas. Lao Vila, maquiador da Lancôme, é quem dá as dicas de no que reparar: “Há escovas mais finas para ajudar no alongamento; as mais gordas e com espaço entre as cerdas são para volume extremo; e as tortinhas servem para curvar”. Segundo ele, já dá para encontrar no mercado as escovinhas em que a própria consumidora pode entortar as cerdas. “Dessa forma, ela consegue uma aplicação melhor, pois pega todos os cílios na aplicação.”

Mariana complementa as dicas de Vila destacando que, quando o aplicador tem várias cerdas, ele separa bem os fios e não deposita tanto produto, dando um efeito mais leve, com volume e alongamento. “Já o pincel com as cerdas mais separadas leva ao efeito dramático, porque o espaço acaba fazendo com que seja colocado mais produto nos cílios.”

Não são só os aplicadores que importam, as fórmulas também são essenciais para atingir o resultado desejado. Mariana ensina: “As mais finas dão um efeito leve, enquanto as espessas engrossam os cílios, dão volume. Os produtos de secagem rápida são bons para quem tem os cílios bem retos, pois é importante que eles sequem rápido, para não ‘tombarem’ e manterem a curvatura”. Vanessa avisa que não há segredo, testar o rímel é o que vai ajudá-la a chegar a escolha ideal. “E sempre dá para combinar diferentes máscaras”, ressalta.

Leia também: Veja como usar o primer e qual o produto ideal para sua pele

Técnicas para aplicar
O momento de aplicar o rímel requer alguns cuidados, independentemente de qual seja a sua fórmula e o seu aplicador. Quem usa curvex, deve começar por ele, com cuidado para não beliscar a pálpebra e com carinho para deixar os cílios curvadinhos.

Depois, é só seguir os conselhos de Theo Carias, consultor oficial do Prêmio Avon de Maquiagem: “Comece a aplicar a máscara na raiz e leve até às pontas, pois assim dá mais sustentação. Ou use o pincel na vertical dando volume sempre na raiz dos cílios, assim terá mais durabilidade”.

Vanessa completa: “Comece bem na raiz, na linha d’água, e faça movimentos de ziguezague. Encaixe as cerdas nos cílios, puxando para cima, para levantar”. Passar o rímel ao menos duas vezes vai ajudar a deixar o olhar mais bonito também.

Já para os cílios inferiores, Vila afirma que é bacana pegar a ponta do pincel e passar bem rente à raiz. “Depois, deixe-o reto e faça movimentos só para baixo.” O objetivo, de acordo com Vanessa, é aumentar o formato do olho. “Antes de passar, pegue o pincel e dê uma carimbada em um lenço de papel, para tirar o excesso”, alerta.

Leia mais: 10 maneiras de manter os cabelos bonitos durante uma viagem

Para a maquiadora da Maybelline, as máscaras são essenciais para dar feminilidade ao olhar. “Para mim, os cílios são o que deixam a mulher com cara de mulher”, opina. E ela chama a atenção para a validade dos produtos. “Depois de aberta, a máscara é válida por seis meses. Muita gente fica presa à validade do produto enquanto fechado. Mas, assim que entrou ar, aquele prazo não vale mais”, encerra.

    Leia tudo sobre: Maquiagem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.