Para conseguir realizar seu sonho, Tatiana Carneiro Vitoriano procurou um grupo de apoio para emagrecer. E, no seu caso, deu resultado!

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508680047&_c_=MiGComponente_C

Acordo Ortográfico

A advogada de 29 anos conseguiu extirpar mais de 20 kg, em 9 meses, depois que se inscreveu no programa Peso Ideal. Eu estava com 90,5 kg quando comecei o processo de emagrecimento. Agora, estou com 70 kg e meço 1,64m, descreve-se. 

A jovem fez sua matrícula no grupo em março de 2007, estimulada por uma amiga que havia conseguido emagrecer através do mesmo programa. Um dia, resolvi passar no médico da empresa para que ele me receitasse uma fórmula. E ele se recusou. Disse que eu precisava emagrecer por causa do meu problema no joelho, mas, tinha que ser com saúde. O médico estava certo, e aconselhou Tatiana a procurar uma nutricionista para fazer reeducação alimentar.

Saí da enfermaria com tanta raiva que não enxergava nada na minha frente. Por coincidência, era uma terça-feira: exatamente o dia da reunião do grupo de apoio, que minha amiga havia comentado. Criei coragem e fui. No meio do caminho, ela quase desistiu, pois não tinha companhia para ir. Mas queria provar para todo mundo que eu não era capaz de emagrecer sozinha, que precisava de uma fórmula, sim!, recorda.

Chegando à sede do Peso Ideal, assistiu à reunião até o fim e resolveu se matricular. Na semana seguinte, já estava desanimada. Queria que as pessoas entendessem que eu não era capaz. Mas, para minha surpresa e felicidade, a instrutora me informou que eu havia eliminado 2,4 kg. Muito mais animada, Tatiana saiu do encontro e ligou para o marido e para a mãe. Depois desse dia, passei a acreditar no meu potencial. Se tanta gente consegue, por que eu tenho que ser a única incapaz?.

O caminho certo
Antes de tudo isso, tentei dietas mirabolantes, como só comer fruta ou só tomar sopa, que, é claro, nunca deram certo. Meu organismo sentia a deficiência de nutrientes e eu sempre passava mal, conta ela que, também, usou muitos remédios para emagrecer. Uma vez, até desmaiei dentro de uma loja por causa dessas loucuras. Mas, agora é diferente! Fiquei tão feliz com o resultado que sentia mais satisfação ao me ver emagrecendo do que comendo um chocolate, e fui em frente. Outro sonho de Tatiana era fazer redução de mamas. Em agosto, procurei um cirurgião plástico. Fiz os exames e marquei a cirurgia para o final de novembro.

Tatiana conta que demorou em perceber que, se não tomasse jeito, isso não iria parar. De repente, eu estava com 90Kg! Para a minha sorte ¿ ou azar, não sei direito ¿, eu engordei e meus muitos quilos ficaram bem distribuídos. Não ficou tudo concentrado na barriga, diz ela que sabe que, apesar da aparência ser melhor, isso fazia com que ela protelasse seu regime. Hoje, me olho no espelho e me sinto muito bem. Nem acredito que deixei chegar naquele ponto. E ela tem um truque para ter força de vontade de nunca mais ganhar peso. Às vezes, eu visto uma calça antiga para ver e sentir o antes e o agora. Parece que eu preciso fazer isso para não permitir que eu chegue novamente ao meu corpo de antes

Eu me amo
Tatiana revela que fica sem graça com tantos elogios que recebe do marido. Ele ficou muito feliz. Fico até sem jeito de tanto que ele fica me olhando e dizendo como eu estou bonita, vibra a advogada. Antes, eu não tinha ânimo nem para fazer as unhas. Chegava do trabalho, tomava banho e deitava no sofá. Não fazia nada, a não ser comer besteiras. O desânimo era tanto que estava entrando em depressão.

Com a auto-estima e felicidade recuperadas, ela passou a se cuidar. Hoje, eu me amo! Posso dizer que me sinto linda, sem ter a necessidade de ninguém falar. Tornei-me uma pessoa mais feliz, mais aberta, menos carrancuda!, comemora Tatiana que espera ansiosa pela plástica nos seios e pretende enxugar alguns quilinhos ainda.

Leia mais sobre: Emagreci

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.