Cami precisa de uma solução para a depilação de suas pernas e enviou o seguinte email:

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508691853&_c_=MiGComponente_C

Acordo Ortográfico

"Tenho as pernas superbonitas, mas sofro muito com os pêlos grossos que encravam e acabam ficando horríveis. Já tentei usar cera, lâmina e aparelho elétrico, mas nada dá certo! A única coisa que ainda não experimentei é o método a laser, pois é muito caro. Não sei o que faço para amenizar o aspecto feio após a depilação nas pernas, preciso de ajuda!"

Sol, calor, verão e você de calça comprida. Já viu essa cena antes? Problemas com depilação são bem comuns e tem solução. Todo o mal pode estar sendo causado por descuidos que talvez você nem perceba que comete! "São coisas muito simples que fazem toda a diferença", explica a depiladora do Instituto Depilação Estética Coppelia, Alessandra da Guia.

Primeiro é preciso entender que pelos grossos podem ser um problema hereditário, ou simplesmente uma disfunção hormonal . Ninguém melhor do que um bom dermatologista para fazer uma avaliação e saber qual o melhor método depilatório para você. "Geralmente, quem tem a pele mais sensível, deve usar cera de algas ou mel de abelha", conta Alessandra. Além de possíveis remédios indicados pelo médico, é possível cuidar do problema em casa mesmo.

Para começar bem e aliviar a aparência feia dos pelos que penetram na pele formando lesões avermelhadas, endurecidas e até doloridas, é preciso manter a esfoliação das pernas em dia. "O processo deve ser feito uma semana antes da depilação e cinco dias após ela. As partículas do esfoliante afinam a pele, amolecem os fios e desobstruem os poros deixando com que o pêlo cresça facilmente", garante Alessandra. Para conseguir resultados ainda melhores, invista num produto bom e confiável. Esfoliantes naturais são definitivamente, os mais indicados.

Outra dica importantíssima é o uso do adstringente - esse mesmo que você usa para limpar o rosto. Se aplicado antes da depilação, o produto elimina resíduos acumulados na pele, diminuindo riscos de irritações ou de má adesão do produto depilatório com o pêlo.

Assim como a Cami, várias mulheres revezam entre cera e lâmina e isso não é recomendável . "Quem tem pelos mais grossos, só pode usar gilete uma única vez após a depilação com cera. Mais do que isso causará sérios problemas", diz Alessandra.

Casos mais extremos precisam ser encarados com mais cautela. Eventualmente, a única solução neste caso será a depilação a laser . "Ela é cara, um tanto dolorida e incômoda, mas diminui consideravelmente a quantidade de pelos e tem custo beneficio excelente, dependendo da freqüência com que você fizer, poderá ficar livre das depilações para sempre", finaliza Alessandra.

Você tem alguma dúvida de Beleza? Mande um email para duvidasdebeleza@ig.com.br . Você pergunta, a gente responde!

Leia mais sobre: depilação

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.