Os dias frios pedem cuidados específicos. Saiba como manter pele e cabelos bonitos e saudáveis

Erro 1: Tomar longos banhos quentes
Os médicos recomendam água morna, mas quem resiste a um banho bem quentinho nesse frio? “A água quente faz com que a oleosidade natural da pele seja removida”, alerta o dermatologista Marco Antonio Oliveira sobre uma possível descamação. Para amenizar o problema, a médica Annia Cordeiro Lourenço dá a dica: “Ninguém precisa tomar banho frio. O importante é que sejam banhos mais curtos e que a água não esteja tão quente a ponto de deixar a pele vermelha”, diz a dermatologista. Não exagerar na quantidade de sabonete e abrir mão das esponjas temporariamente também são sugestões eficientes que preservam a pele.

Erro 2: Fugir do hidratante
O geladinho do hidratante assusta qualquer um. Para quem não gosta dessa sensação é possível lançar mão de óleos que hidratam a pele durante o banho. Os óleos pós-banho também funcionam bem e ainda passam menos sensação de frio do que os cremes tradicionais. Segundo Marco Antonio, o calor e a umidade gerada pelo chuveiro aumentam a capacidade de absorção da pele. A hidratação do rosto merece ainda mais atenção. “Pessoas com pele oleosa, devem optar para um produto específico sem óleo em sua composição”, orienta Annia

Protetor solar não tem descanso, use também no inverno e preserve a pele
Getty Images
Protetor solar não tem descanso, use também no inverno e preserve a pele
Erro 3: Aposentar o protetor solar
Os raios UVA e UVB atuam também durante o inverno e podem causar manchas, sardas, flacidez e, em casos mais graves, até câncer de pele. "Filtro solar não tem descanso. Continue usando e reaplicando a cada quatro horas”, diz o dermatologista Marco Antonio Oliveira. Bateu aquela preguiça de aplicar protetor solar? Opte por hidratantes com FPS e resolva dois problemas com uma aplicação só.

Erro 4. Esquecer de cuidar dos lábios
Especialistas afirmam que a manteiga de cacau não é a melhor forma de hidratar os lábios no inverno. Apesar de não ser prejudicial e melhorar a sensação de ressecamento, o produto age somente como um “selador”. Para hidratar os lábios e renovar a pele prefira o “lip balm”, um tipo de batom sem cor que pode ser usado sozinho ou antes do batom.

Erro 5: Usar o mesmo hidratante no corpo topo
Algumas partes do corpo sofrem mais que outras no frio. É o caso dos cotovelos, calcanhares e tornozelos – já percebeu como eles ressecam? Essas áreas precisam de hidratantes específicos e concentrados que impeçam a evaporação da água presente na cútis, garante a dermatologista Kátia Lutfi.

Erro 6: Exagerar no condicionador
O frizz aumenta com a umidade e deixa o cabelo com aspecto descuidado. Para resolver o problema acabamos exagerando na dose de condicionador ou creme hidratante, e o resultado é ainda pior: cabelos pesados e oleosos na raiz. Além disso, a água quente (novamente ela!) resseca os fios e estimula a oleosidade. “Água muito quente é um veneno para os cabelos”, avisa Rô Pinheiro, hair stylist do salão Oh! Théo Beauty & Co, de São Paulo. Uma boa dica é pelo menos enxaguar o cabelo com a água mais morna. É hora também de apostar em finalizadores que tratam. O efeito fica mais leve e solto.

Erro 7: “Fritar” os fios no secador e chapinha
A temperatura alta dos aparelhos elétricos, como secador e chapinha, reduz a umidade essencial capilar. Resultado: enfraquecimento da superfície da cutícula dos fios. “Nesse caso, é bom usar um xampu antitérmico. Funciona como um filtro solar, ele tem um protetor que vai proteger os fios do calor da chapinha e do secador”, recomenda o hair stylist. Finalizadores com proteção também são bem-vindos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.