Manter a pele e os cabelos bonitos também depende da alimentação. Saiba quais os alimentos que ajudam na beleza

Na hora de buscar truques e recursos para melhorar a aparência, logo se pensa nos diversos cremes e tratamentos à disposição. Mas a beleza também vem de dentro para fora - e não só metaforicamente. A alimentação pode garantir o viço da pele, o brilho dos cabelos e a força das unhas. Ou, dependendo do que você come, acelerar o envelhecimento e até piorar a celulite. O iG Delas conversou com nutricionistas para descobrir quais alimentos são os melhores aliados da beleza, e quais podem prejudicar a pele, as unhas e os cabelos.


Os sete alimentos que mais fazem mal à beleza

1. Bebidas alcoólicas
Não é à toa que nos sentimos feias quando estamos de ressaca. O álcool provoca a perda de água do organismo, e consequentemente deixa a pele desidratada, sem elasticidade e com aspecto envelhecido. “Esta desidratação também favorece o aparecimento de rachaduras na pele, os cabelos ficam desvitalizados e as unhas quebradiças”, diz a nutricionista Marcela Frias, da Clínica Dicorp.
Veja os 10 mandamentos das unhas perfeitas .

2. Café
Esta é outra bebida que é melhor não exagerar. O excesso favorece o aumento dos níveis do hormônio cortisol no organismo, explica Marcela, o que leva ao envelhecimento da pele e à desidratação. A nutricionista Paula Castilho diz que o café é vasoconstritor, “ou seja, diminui o calibre das artérias, favorecendo a má circulação, o que contribui para a formação de celulite”.
Veja 15 atitudes que ajudam a combater a celulite

3. Açúcar
“O açúcar aumenta o nível da glicose no sangue e esta se liga às proteínas responsáveis por manter a elasticidade e a firmeza da pele, impedindo que cumpram plenamente suas funções”, explica Marcela. Ela acrescenta que os doces também podem piorar a acne . Já Paula alerta que o açúcar - refinado ou cristal - pode causar dependência. Além disso, pode causar desequilíbrio na flora intestinal. “Ele inibe a absorção de nutrientes como vitaminas e minerais; agride o intestino, aumentando o número de bactérias e fungos no organismo; e pode causar inflamações”. 

4. Embutidos
Alimentos como salaminho, mortadela e presunto são ricos em gordura saturada, sódio e nitratos. Segundo Marcela Frias, essas substâncias “promovem a inflamação da pele, a retenção de líquidos e ainda intoxicam o organismo, acelerando o envelhecimento precoce”. E não é só a pele que sofre: as substâncias presentes nos embutidos também deixam cabelos e unhas quebradiços.
Veja também: Hábitos saudáveis são essenciais para ter cabelo forte

5. Sal
A nutricionista Paula Castilho lembra que o sal faz com que o corpo retenha líquido, causando inchaço e podendo agravar a celulite. Já Marcela Frias alerta para o sal iodado, que não faz bem para a pele. “Os tecidos incham, criam bolsas embaixo dos olhos, agravam a acne e ainda aceleram o envelhecimento”, diz.
Previna e combata o envelhecimento dos pés ao cabelo

6. Refrigerante
“Rico em açúcar e corantes artificiais, ele soma os problemas causados pelos dois”, diz Paula. O resultado é uma pele menos firme.
Termogênicos ajudam a combater a flacidez

7. Alimentos industrializados
A combinação de corantes, conservantes, gordura trans e gordura saturada, utilizados para que os alimentos durem por mais tempo, não ajudam em nada na aparência, e ainda aumentam a pressão arterial e o risco de infarto. Eles também contém uma grande quantidade de sal, que faz mal à pele.


Os 10 alimentos que mais fazem bem à beleza

Beber água é fundamental para manter a beleza em dia
Getty Images
Beber água é fundamental para manter a beleza em dia

1. Água
“Ela é um dos principais ingredientes para a saúde da pele”, afirma Marcela. O motivo está na hidratação, que evita o aparecimento de rugas. Além disso, a água ajuda a eliminar toxinas que podem favorecer o envelhecimento precoce. “A recomendação é beber cerca de oito copos por dia”.

2. Frutas vermelhas
O morango, a romã, o mirtilo, a framboesa e a amora são ricos em antioxidantes, que são bons para o fortalecimento de cabelos e unhas. Os antioxidantes também protegem a pele contra a ação dos radicais livres, moléculas que aceleram o envelhecimento, explica Marcela.

3. Folhas e vegetais verdes
Esses alimentos também são ricos em antioxidantes, betacaroteno, acido fólico e magnésio, que combatem o envelhecimento da pele. “Os verdes mais escuros são os mais ricos, e quanto mais cru melhor”, diz Paula, para que se evite que o alimento perca a vitamina C com o calor do cozimento.

4. Leite
O cálcio, presente nos laticínios, nas folhas verde-escuras e na sardinha, é outro mineral essencial para o bom funcionamento das células da pele. “Isso porque ajuda a combater a flacidez e os sinais da idade”, diz Marcela. Os cabelos também podem se beneficiar: “Além disso, o leite é rico em aminoácidos, essenciais para o fortalecimento dos fios”.

5. Tomate
O fruto combate os radicais livres e ajuda a prevenir o envelhecimento, já que é rico em licopeno (substância que dá a cor avermelhada ao tomate) e betacaroteno. “Quanto mais maduro e concentrado, mais rico em nutrientes”, recomenda a nutricionista Paula Castilho.

6. Frutas e vegetais amarelos e laranjas
Aqui o betacaroteno (um dos precursores da vitamina A) também é a razão dos benefícios para a beleza. O consumo de alimentos como abóbora, cenoura e laranja é essencial para a saúde capilar, diz Marcela Frias. “Além de antioxidantes, os betacarotenos controlam a produção sebácea, reduzindo a oleosidade excessiva do couro cabeludo. Também contribuem para a elasticidade do fio e regulam a multiplicação celular”.

7. Vegetais crucíferos
O nome pode ser estranho, mas os alimentos são comuns: repolho, couve, nabo, couve-flor e brócolis também podem ser aliados da beleza capilar. “Eles contêm iodo e enxofre, que ajudam no crescimento e fortalecimento do cabelo”, recomenda Paula.

8. Linhaça
Segundo Marcela, a semente de linhaça é fonte de ácidos graxos ômega 3 e ômega 6, minerais, vitaminas e fibras. Como resultado, o alimento ajuda na hidratação da pele, “principalmente em regiões mais propícias ao ressecamento e possíveis rachaduras, como os pés, por exemplo.”

9. Soja
Os benefícios da soja para controlar a menopausa já são conhecidos. Mas o alimento também é bom para a pele. “Na soja encontramos arginina, que possui ação imunoestimulante, ativando o colágeno”, diz Paula.

10. Alho e cebola
Os temperos que não faltam na cozinha brasileira também fazem bem para a pele, pois possuem substâncias antioxidantes. Eles também ajudam a bloquear inflamações no organismo, segundo a nutricionista Paula Castilho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.