Batom borrado, pele brilhando, cabelos com frizz e blush exagerado têm solução - Especialistas ensinam a usar os produtos a seu favor e não errar no cabelo e maquiagem

Produtos de beleza e maquiagens existem para deixar a mulher mais bonita. Acontece que, de vez em quando, até as famosas - que têm cabeleireiros e maquiadores à disposição - erram. A mão mais pesada na hora de aplicar o blush, um momento de empolgação ao passar o batom, e pronto: a maquiagem se volta contra a maquiada, e em vez de ficar mais bonita, a mulher fica feia ou estranha. 

Mas nem o fato dos erros serem comuns entre as famosas justifica certos pecados de beleza. Conversamos com maquiadores e cabeleireiros para descobrir como evitar ou corrigir os dez erros de beleza mais comuns, entre famosas e anônimas. Preste atenção nas dicas para nunca mais errar!


1 - Base na cor errada
Segundo Andréa Jordão, maquiadora do Studio W, a maior dificuldade das mulheres na hora de comprar maquiagem é acertar a cor da base. A regra é que o produto tenha o mesmo tom da pele, ou seja, depois de aplicada, não deve apresentar diferença em relação ao pescoço e ao colo. E a dica, segundo a especialista, é, na hora da compra, experimentar a base na lateral do rosto sem maquiagem. “Se a cor estiver certa, ela praticamente some, uniformizando a pele sem apresentar diferença de cor em relação ao pescoço e ao colo.” Andréa ainda aponta exceções: “Quando o rosto está mais claro, devido ao uso diário de filtros solares, busque uma base em um tom que o iguale ao pescoço e ao colo, geralmente um ou dois tons acima”. A segunda exceção é o caso contrário, quando o rosto está mais escuro do que colo e o pescoço. “Nesse caso, deve-se usar uma base mais clara.”

Nada de cara amarela, ou rosto de uma cor e pescoço de outra! Escolher a cor certa da base não é tão difícil assim, Kelly Osbourne
Getty Images
Nada de cara amarela, ou rosto de uma cor e pescoço de outra! Escolher a cor certa da base não é tão difícil assim, Kelly Osbourne


2 - Batom para fora dos lábios
Geralmente, o erro ocorre quando a mulher quer aumentar o tamanho dos lábios, deixando o visual falso. Vanessa Rozan, maquiadora do Liceu de Maquiagem, dá a dica para evitar o efeito palhaço: “Use um contorno labial antes do batom, para definir o desenho dos lábios e manter a cor dentro do limite da boca”. Já Andréa diz que, na hora de aplicar o produto, os lábios devem estar hidratados, e o ideal é passá-lo com um pincel específico, para garantir que não haja excesso. Para as que preferem aplicar o batom diretamente nos lábios, retirar o excesso com um lenço de papel é uma saída.

Batom escuro exige cuidado. Para não ficar como a Paris Hilton, a chave é tirar o excesso
Grosby Group
Batom escuro exige cuidado. Para não ficar como a Paris Hilton, a chave é tirar o excesso



3 - Batom no dente
Não tem jeito, além de ter cuidado na hora de passar, é preciso remover o excesso antes de sair de casa. Vale prensar os lábios em um lenço de papel para garantir que ele não vai marcar os dentes, indicam as maquiadoras.

4 - Lápis de olho borrado
Muitas mulheres preferem não delinear a parte de baixo do olho com medo de borrar, mas isso só ocorre se houver erro na hora da aplicação. Um hábito que prejudica é usar o lápis dentro do olho, na linha d’água, que, por ser uma região úmida, o faz escorrer. “Para evitar que isso aconteça, basta delinear os olhos por fora, na linha bem abaixo da raiz dos cílios, e esfumaçar o traço. Depois, aplique uma sombra por cima”, fala Andréa. “Use um pincel chanfrado com sombra em pó por cima do lápis para evitar que ele borre”, completa Vanessa.

Nem a Madonna está livre do frizz. Mas tem solução (e nem é difícil...)
Grosby Group
Nem a Madonna está livre do frizz. Mas tem solução (e nem é difícil...)

5 - Cabelos com frizz
Para evitar aqueles fiozinhos que insistem em ficar arrepiados, leave-in ou um óleo, como o de argan, são úteis, indica o cabeleireiro Luiz Cintra. “Mas é preciso passar uma quantidade muito sutil para não deixar o cabelo oleoso.” Uma cera e um silicone podem ajudar a deixar os fios mais pesados, valorizando-os e alinhando-os.

6 - Pele brilhando
É muito comum que as donas de peles oleosas sofram com o problema. Mas, para evitar, basta investir em um pó depois da base, focando principalmente a zona T (testa, nariz e queixo), dá a dica Andréa. Lenços que absorvem oleosidade da pele também são uma opção, segundo Vanessa.

Leia no Chic: Sete erros de beleza para não cometer no dia do casamento

7 - Blush muito marcado
O blush é usado para dar um ar saudável à maquiagem, e excessos devem ser evitados. “Use um pouco de base com um pincel de esfumar (blush ou duofibra) sobre o blush, para tirar o excesso e deixá-lo mais suave”, ensina Vanessa. Já a dica de Andréa é aplicar o produto na região mais alta da maçã do rosto - o osso pode ser tomado como guia, começando da raiz do cabelo e indo em direção à ponta do nariz, esfumando sempre para evitar excessos e demarcações.

8 - Alisamento vencido
Quem é adepta de escova progressiva ou outro tipo de alisamento sabe que conforme a raiz vai crescendo, nem sempre o resultado é bonito. Mas vale usar produtos para deixá-la fixa, como um gel, puxando bem o cabelo para trás. O look "wet" é tendência para essa estação, diz Vito Mariella, cabeleireiro do Liceu de Maquiagem. Luiz Cintra recomenda fazer uma escova, deixando todo o cabelo liso.

O melhor jeito de disfarçar as olheiras não é com um corretivo mais claro que sua pele, Eva Longoria...
Grosby Group
O melhor jeito de disfarçar as olheiras não é com um corretivo mais claro que sua pele, Eva Longoria...

9 - "Panda invertido”
Ocorre quando a pessoa usa um corretivo muito mais claro do que a base e o corretivo indicados para ela. Vanessa diz: “Teste o corretivo em cima das olheiras em vez de passá-lo no dorso das mãos. Muita gente acha que o mais claro cobre mais, mas o que acontece é que ele acaba realçando as olheiras”. A maquiadora também ensina que é preciso aplicar pouca quantidade da cor certa no vinco da olheira e, depois, usar um tom mais claro por cima para iluminar.

10 - Tintura vencida
Cabelo cresce, e quando pinta-se os fios, isso pode ser um problemão. A raiz com a cor natural contrasta com os fios tingidos, e o resultado pode ser um desastre. Para Mariella, usar o cabelo preso, em um rabo de cavalo alto ou na nuca ou em coque, é uma saída elegante. Já Cintra afirma que dá para disfarçar pintando a raiz com um lápis para sobrancelha ou com um rímel. Os produtos, segundo ele, não fazem mal ao cabelo, mas devem ser usados apenas ocasionalmente. No caso do rímel, é preciso ter cuidado, pois a máscara pode deixar o cabelo duro.

Leia também
Flagra! Os erros de maquiagem e cabelo das famosas
Spa em casa: aproveite o tempo livre para se cuidar 
Lentes de contato para os dentes e outras técnicas para um sorriso de estrela

>>> Assine a Newsletter , curta nossa página no Facebook e siga o @iGBeleza no Twitter <<<

    Leia tudo sobre: Maquiagem
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.