Conheça tratamentos que prometem reduzir medidas e diminuir a insistente gordura localizada

Às vezes, por mais que se emagreça, é difícil se livrar de gordurinhas na barriga, cintura, coxas ou costas. É a detestável gordura localizada, que resiste às dietas mais rigorosas e à prática de exercícios.

Para quem quer se ver livres das gordurinhas, uma opção é a radiofrequência. “A radiofrequência promove o aumento da temperatura das moléculas gordurosas. Primeiro, separa-se as áreas que serão trabalhadas em faixas, e quando o aparelho atinge 42ºC passamos para a área seguinte. Esse procedimento só pode ser realizado por fisioterapeutas ou médicos especializados porque há a constante penetração dos raios na pele”, explica a fisioterapeuta dermato-funcional Giselle Zambrotta.

Mesmo depois de emagrecer, certas gordurinhas são difíceis de perder. Tratamentos ajudam na redução de medidas
Thinkstock/Getty Images
Mesmo depois de emagrecer, certas gordurinhas são difíceis de perder. Tratamentos ajudam na redução de medidas

O dermatologista ortomolecular Amilton Macedo recomenda, além da radiofrequência, a massagem Leort. “A massagem é feita com um conjunto de substâncias que quebram as células de gorduras. Depois, a mulher veste uma cinta compressiva e permanece com ela durante quatro horas. Ela modela o corpo e potencializa a quebra de gordura”, explica.

Outra opção é o método idealizado pelo esteticista Ricardo Vitay, que une três terapias em um único aparelho. “Conectamos eletrodos nas regiões que serão tratadas. Por meio da corrente elétrica, rompem-se as células de gordura. Depois, aplicamos o ultrassom que consegue atingir o núcleo das células gordurosas, eliminando-as posteriormente. Por fim, os eletrodos estimulam o enrijecimento da musculatura”, explica Vitay. Ele afirma que os resultados são facilmente visíveis logo na primeira sessão, e o número de sessões varia de acordo com a necessidade do paciente.

VEJA TAMBÉM TRATAMENTOS CONTRA
FLACIDEZ | GORDURA LOCALIZADA | CELULITE | ESTRIA

>>> Assine a Newsletter , curta nossa página no Facebook e siga o @iGBeleza no Twitter <<<

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.