Nem todo mundo pode contar com a cirurgia plastica como aliada da estetica. Existem pessoas que, por tomarem certos medicamentos ou sofrerem de alguns problemas de saude, s?o consideradas pacientes de risco para uma cirurgia ? ou ate mesmo ?inoperaveis?

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508679295&_c_=MiGComponente_C

Acordo Ortografico

Conheca estas condic?es, divulgadas pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Plastica, e saiba se a plastica e ou n?o uma opc?o para voce.

Pacientes de Risco
Segundo a SBCP, os pacientes de risco s?o aqueles obesos, fumantes, com grande quantidade de varizes ou ent?o mulheres que usam hormonios de reposic?o na fase da menopausa. Pessoas com problemas cardiacos e diabeticos graves podem fazer a cirurgia, desde que acompanhados por medicos de outras especialidades.

Segundo o Dr. Denis Valente, cirurgi?o-plastico, alem das substancias citadas pode haver problemas com pessoas em alguns tipos de dietas macrobioticas e de restric?o de proteinas, que dificultam a coagulac?o e tambem a cicatrizac?o. Tambem temos alguns pacientes que omitem a utilizac?o de medicamentos com ac?o no sistema nervoso central, especialmente inibidores de apetite e tranquilizantes, que podem causar serios efeitos colaterais em associac?o com os anestesicos, completa o Dr. Valente.

A SBCP trabalha tambem com o conceito de pacientes inoperaveis. Ocorrencias como enfarte, angioplastia, cateterismo, diabetes, hipertens?o e ate idade avancada comp?em um historico de risco.
Mas, de cada 100 pacientes, em media, que procuram um medico cirurgi?o plastico para realizar alguma intervenc?o, apenas 2% deles s?o vetados por esses motivos.

Medicamentos que interferem na cirurgia
Alguns medicamentos interferem na coagulac?o do sangue, e podem causar sangramentos excessivos. E o caso do ja conhecido acido acetilsalicilico, de antiinflamatorios e alguns antidepressivos, que podem reagir de forma ruim com alguns anestesicos.

Recentemente, descobertas apontaram que o ginseng, a gincobiloba e a vitamina E tambem podem prejudicar a coagulac?o do sangue e causar hemorragias.

Ate mesmo um simples Botox pode ser um impedimento?
Isso mesmo. Mas no caso do Botox e do preenchimento da face, o problema n?o e a reac?o, mas sim que o cirurgi?o plastico precisa atuar com base nos contornos reais do rosto do paciente. Portanto, a indicac?o e esperar seis meses para que o medicamento deixe de agir, e so ent?o fazer a cirurgia.

Uma relac?o transparente
E obrigac?o do medico informar ao paciente todos os riscos representados pela intervenc?o cirurgica ? inclusive por meio de um termo de responsabilidade, que deve ser devidamente assinado pelo paciente antes da cirurgia, o que prova que ele estava ciente dos riscos. Quanto ao paciente, ele deve ser absolutamente sincero e contar ao medico tudo sobre seu historico de saude e medicamentos usados. N?o omitir absolutamente nenhum detalhe e uma das garantias dos bons resultados de uma cirurgia.

Consultoria:
SBCP ? Sociedade Brasileira de Cirurgia Plastica
Dr. Denis Valente - www.denisvalente.com.br

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.