Com posts descontraídos, Marco Antônio de Biaggi conquista mais de 28 mil seguidores em três meses

Marco Antônio com o seu inseparável iPhone
Eduardo Iezzi/Fotoarena
Marco Antônio com o seu inseparável iPhone
É sexta-feira e o salão de Marco Antônio de Biaggi está lotado. A modelo famosa posa impecável para o iPhone do cabeleireiro. Ele clica e posta no Twitter: “Caroline Bittencourt pronta para abalar na SPFW aqui no MGHair”. Em minutos, os 28 mil seguidores, conquistados em pouco mais de três meses, já sabem da novidade.

No microblog, Marco Antônio é MBiaggi . “A Ticiane [Pinheiro] e a Preta [Gil] insistiam muito pra eu entrar no Twitter, 'Você tem que ter, tem que ter'. Daí um dia fui na TV Record participar do 'Hoje em Dia' e eles criaram um perfil pra mim. Divulgaram no ar e eu saí de lá com 5 mil seguidores”, ele diz ao relembrar a própria resistência: “Eu não queria porque minha vida já é muito corrida”.

Preocupado, Biaggi delegou ao assistente, um brasileiro recém-chegado dos EUA, a tarefa de atualizar o seu Twitter. “Logo no primeiro post ele cometeu um erro de português, daí uma seguidora caiu matando”. O grand finale veio com a tentativa de Marco contornar o problema: “Justifiquei dizendo que ele tinha acabado de chegar de Bostom, com 'm'. Já viu, né?”, diverte-se com a história.

Final da tarde. O entra e sai de gente pela enorme porta envidraçada do salão, localizado na zona sul de São Paulo, fica mais intenso. Marco joga beijos, elogia o “ invisible highlights ” da cliente e retoma o papo sobre a língua portuguesa.

Formado em engenharia química, ele diz dominar as matérias de exatas, “mas em português nunca fui uma Brastemp”, exagera. Apesar da dificuldade com as letras, e de tagarelar no fundão da classe, Biaggi sempre tirou boas notas. “Os professores falavam para os meus amigos: 'Vocês ficam conversando e vão na onda do Marcão, depois ele tira 10 e vocês 2'”, relembra. “Uma das poucas vezes que tirei 7,5 chorei o dia inteiro”.

No Twitter, ele também não gosta de errar. A gafe serviu de lição, nenhum assistente bota mais a mão em seus posts. “Foi a primeira e última vez. Agora eu faço tudo sozinho e me divirto horrores”.

Biaggi com loiras famosas via Twitter: Ticiane Pinheiro, Mirella Santos, Sabrina Sato, Grazi Massafera, Maria Cândida, Caroline Bittencourt e Adriane Galisteu
Reprodução
Biaggi com loiras famosas via Twitter: Ticiane Pinheiro, Mirella Santos, Sabrina Sato, Grazi Massafera, Maria Cândida, Caroline Bittencourt e Adriane Galisteu

Hoje, Twittar parece ser um misto de prazer e comprometimento: “Eu sinto que preciso postar, não posso deixar meus seguidores sem novidades, nem que seja uma coisinha pessoal. Aos sábados, por exemplo, fico um pouco aflito porque o movimento é pauleira no salão. Daí, a caminho do trabalho, eu passo na Praça Charles Miller pra comer na Barraca do Zé e pá! Posto aquele pastel incrível”.

Além das clientes lindas e dos points da capital paulista, o Rio de Janeiro também ganha destaque no @MBiaggi, muitas vezes, retratado através da janela do Copacabana Palace. “Amo o Rio. É uma das cidades mais incríveis do mundo. E também amo muito Nova York”, diz ele, que em seguida conta suas últimas aventuras na Big Apple: “O Twitter só funcionava dentro do hotel, fiquei em pânico. Eu tinha tanta coisa bacana pra mostrar – o melhor falafel fora de Israel, os perfumes das ricas –, mas a rede não pegava na rua. Não deu outra: eu clicava tudo e voltava a cada uma hora e meia pra postar. Quase estraguei a viagem da minha irmã, foi bafo”.

Pausa para cortar o cabelo de uma cliente. Nessa hora, ele se concentra. Mirella Santos, mulher do cantor Latino, chega e comenta que sua última foto no salão bombou na internet. “Acho que dá certo porque é feito com muita verdade. Propaganda eu não faço, só dou dicas de produtos que eu realmente gosto e acredito”, justifica ele.

A ex-jogadora de basquete Hortência se despede, ela deixa o salão com bobes nos cabelos. Marco joga mais beijos, levanta a gola da camisa e brinca com o iPhone, enquanto é clicado pelo Delas. “Estou amando essa camisa da Osklen que a Galisteu me deu, não tiro mais”. Novas poses, mais fotos, “tá bom assim?”. Está ótimo, Biaggi sabe lidar com os flashes.

Cléo Pires chega. “Que bom que você veio”, ele diz enquanto analisa as madeixas da atriz. “Quero cortar. Preciso te contar a história desse cabelo”, ela responde. Marco manda Cléo para o lavatório e se despede da reportagem. “Me manda o link que dou um retweet” .

Siga o @Delas no Twitter!

Mais Beleza:
Crie ondas e cachos com bobes
Mestres dão dicas para o loiro perfeito
Cores sexy para cabelos no inverno

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.