Três feras no assunto entregam os segredos das estrelas platinadas

O “blonde glam” da modelo Caroline Bittencourt
Divulgação
O “blonde glam” da modelo Caroline Bittencourt
Para conseguir uma horinha com a tinturista carioca Branca Di Lorenzo é preciso entrar numa enorme fila de espera - parte dela composta por globais como Vera Fischer, Carolina Dieckmann e Letícia Spiller. A agenda de Marco Antonio de Biaggi não é diferente: Fernanda Mota, Adriane Galisteu e outras “blond girls” disputam seus preciosos conselhos. O hair stylist Marcos Proença também figura entre os coloristas mais badalados do Brasil, ele é responsável pelas cabeças de Flávia Alessandra, Wanessa Camargo e Heleninha Bordon. O Delas reuniu dicas preciosas dos três especialistas, que explicam suas técnicas e contam segredinhos de mestre. Aproveite!

Leia também:
A trança de Marcela Temer
Crie penteados com três ideias rápidas
O que Amy Winehouse tem na cabeça

Fuja do monocromático
“O loiro só fica sofisticado se tiver diversas nuances”, afirma Marco Antonio de Biaggi. Segundo ele, a aposta do momento é o loiro “blonde glam”, composto por mechas mais claras bem fininhas. O aspecto natural também pode ser conquistado com tonalidades em degradê, como recomenda Marcos Proença: “Raiz natural, comprimento claro e pontas claríssimas”.

Apague a raiz
Clarear a raiz no mesmo tom do comprimento é um erro muito comum, isso deixa o cabelo com aspecto vulgar. "Apagar" a raiz é o segredo de Marcos Proença, que utiliza um tonalizante no processo. “Fizemos isso com a Wanessa, que tem o cabelo muito escuro. Combinamos a raiz apagada, ou seja, levemente tonalizada, com luzes claras em todo o comprimento e pontas”, conta. Mesmo para mulheres com a pele mais clara, como é o caso da atriz Flávia Alessandra, a regra da naturalidade na raiz também vale.

Wanessa: mais natural com a raiz apagada
AgNews
Wanessa: mais natural com a raiz apagada


Evite clarear a sobrancelha
“Porque o efeito é estranho e artificial. Eu só clareio a sobrancelha em último caso e, mesmo assim, muito discretamente”, conta Branca. Quem também evita a prática é Marcos Proença: “O cabelo deve estar em harmonia com o rosto, sem que ele precise ser modificado. Por isso, jamais mude a cor da sobrancelha. Escolha um tom de loiro que combine com você.”

Aposte no corte certo
Marco Antonio de Biaggi lança mão de muito movimento para valorizar a coloração. “As luzes ficam ainda mais bonitas com repicados largos. Esse é o corte ideal, pois destaca as diversas tonalidades do cabelo”, explica ele. Quer arrasar ainda mais? Então vá de “bed hair”, outra especialidade do hair stylist. “É levemente desarrumado e parece que você acabou de levantar da cama, daí o nome”, explica ele sobre o aspecto natural.

Letícia Spiller realça a cor natural com mechas mais claras
Divulgação/TV Globo
Letícia Spiller realça a cor natural com mechas mais claras
Prefira xampu antioxidante
Proença indica produtos antioxidantes para as loiras. “Eles evitam o efeito amarelado/alaranjado que aparece com o tempo”, conta. Para Biaggi, xampus e condicionadores com óleo de abacate e manteiga de karité não podem faltar. “Eles proporcionam uma proteção diária excelente”, diz.

Esqueça as receitas caseiras
Segundo Branca, lavar o cabelo com chá de camomila, cerveja ou leite não embelezam os fios loiros. Na verdade, essas loucurinhas podem prejudicar muito a cor e a condição capilar. “Ser loira dá trabalho e custa caro. É preciso investir algum dinheiro em cuidados e tratamentos. Não adianta se aventurar”.

Lave o cabelo com água mineral
Ficar com o cabelo esverdeado é o terror de todas as loiras, principalmente durante o verão, época de sol e piscina - grandes vilões. Por conta da ação química da descoloração, as escamas ficam mais abertas e absorvem o cloro, daí o esverdeado. Para evitar, Marcos recomenda: “Enxague o cabelo com água mineral antes e depois de entrar na piscina”.

Estoque leave-in
Esse é um produto que não pode faltar no arsenal das loiras. Ele deve ser aplicado sempre após as lavagens. Preferencialmente, opte por produtos com proteção solar. “O leave-in dá balanço ao cabelo e o protege dos efeitos do sol”, lembra Proença. Segundo Marco Antonio de Biaggi, a quantidade ideal do produto a ser aplicado é o correspondente a uma moeda pequena.

O loiro de Adriane Galisteu é puro movimento
Felipe Panfili/AgNews
O loiro de Adriane Galisteu é puro movimento

Capriche na hidratação
Não adianta uma bela cor se o cabelo estiver parecendo uma vassoura, certo? Para solucionar o problema, nenhuma mágica, hidratação é a solução: hidrate os fios pelo menos uma vez por semana. Marco Antonio é adepto do óleo de argan; o produto importado de Israel já virou o novo melhor amigo da deslumbrante Cindy Crawford. A geléia real inglesa é outra opção: “Boa pedida para quem faz muita escova, pois a substância é ativada com o calor”, diz.

Leia também:
Cabelão em domicílio
Trança feita com nó facilita o penteado
Guerra ao frizz

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.