Livre-se dos papelotes! A nova estação pede tons mais escuros e monocromáticos

Desfiles pelo mundo: Nova york (L.A.M.B), Paris (Christian Dior) e Rio de Janeiro (Espaco Fashion)
Getty Images
Desfiles pelo mundo: Nova york (L.A.M.B), Paris (Christian Dior) e Rio de Janeiro (Espaco Fashion)
Dê adeus aos papelotes besuntados de descolorante. A temporada mais quente do ano não flerta com os manjados hairlights. É a vez da cor natural com zero degradê, o que para a maioria das brasileiras significa a volta aos castanhos. O monocromático mais comentando do momento é o de Carol Dieckmann, o look foi criado para dar vida à jornalista Diana, da trama global Passione. E se a personalidade enfadonha da mocinha entedia o público, o cabelo só faz sucesso. “É o mais cobiçado do momento”, comemora Marco Antonio de Biaggi, que assina a criação.

Leia também:
O melhor corte de cabelo para cada rosto
O que Amy Winehouse tem na cabeça
Megahair: Cabelão em domicílio

Para quem não consegue viver longe dos pincéis, vale apostar em cores que estabeleçam harmonia entre pele e cabelo. O colorista Sergio G, especialista do salão Studio W, ensina o caminho para o tom certo. “Em geral, as brasileiras são morenas, e as melhores cores para elas são marrom puro, mate ou café, sem pigmentos vermelhos”, determina. “Imagine uma mulher com pele dourada e cabelo marrom chocolate. A cor não valoriza a pele, fica tudo 'uma coisa só' e ela perde a expressão”, explica. O chocolate com nuances avermelhadas, segundo ele, pode ser usado por uma parcela menor da população, que apresenta a pele mais rosada. As bem branquinhas podem optar pelo superescuro ou black total, sempre acompanhado por um corte mais estiloso.

Desfiles pelo mundo: Nova york (L.A.M.B), Paris (Christian Dior) e Rio de Janeiro (Espaco Fashion)
Getty Images
Desfiles pelo mundo: Nova york (L.A.M.B), Paris (Christian Dior) e Rio de Janeiro (Espaco Fashion)

Além da consulta especializada a um hair stylist, outra forma bacana e fácil de descobrir quais cores harmonizam com a pele é recorrer às cartelas de mechas. Desenvolvidas pelas marcas de coloração, elas são facilmente encontradas em perfumarias. “Coloque o dedo em cima de cada mecha e tente perceber qual combina mais com você. A cor não pode estar no mesmo tom da pele e deve proporcionar algum contraste suave”, ensina o colorista Mauricio Morelli, da Vimax Art Hair Beauty.

Morelli gosta da tendência e vê muitas vantagens em subir o tom na primavera/verão. “A mulher não fica escrava do retoque e ganha um visual mais natural. Ao acertar no castanho, bem próximo da cor natural, não é preciso fazer manutenção a cada trinta dias”, lembra.

Desfiles pelo mundo: Nova york (L.A.M.B), Paris (Christian Dior) e Rio de Janeiro (Espaco Fashion)
Getty Images
Desfiles pelo mundo: Nova york (L.A.M.B), Paris (Christian Dior) e Rio de Janeiro (Espaco Fashion)
Mas, se você é uma loira convicta, do tipo que renega a morenice da sua raiz, saiba que novos ares também sopram para as blond girls. Afinal, o verão é para todas. O loiro despretensioso, mais descolado e sem mechas marcadas, é o grito fashion das douradas. O Two Toned Hair também é boa pedida. A técnica trabalha o tom sobre tom de uma forma mais suave do que as mechas californianas, conhecida por proporcionar um visual queimado de sol.

Mais tendências:
Um batom rosa para cada mulher
Esmaltes em tom pastel ditam a moda
Monte um look de diva sedutora

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.