Com as delícias do verão vem um problema comum: cabelos danificados. Mas cuidados simples garantem a beleza dos fios

A exposição dos cabelos ao sol, à água salgada do mar, aos produtos químicos usados na piscina e ao vento são praticamente inevitáveis no verão. O calor faz com que a gente fique mais tempo ao ar livre e procure por alternativas para se refrescar. E os fios sofrem.

Daniel Fernandes Melo, coordenador do departamento de cabelos e unhas da Sociedade de Dermatologia do Rio de Janeiro, diz que o ressecamento dos cabelos é um dos danos mais comuns: “O fio de cabelo se divide em três camadas: a medula, o córtex e a cutícula. Nesse caso, a cutícula é a maior prejudicada, pois é a camada de proteção externa. O excesso de calor causa danos físicos que acabam agredindo a cutícula, deixando o cabelo mais ressecado e quebradiço”.


Para evitar uma tragédia capilar, uma ideia é adaptar-se às particularidades da estação. “Aconselho evitar secador, chapinha e modeladores no verão. Deixe os fios respirarem”, diz a dermatologista Ligia Kogos.

Além disso, os cuidados ao longo do ano fazem toda a diferença quando chega o verão. Não adianta querer só recuperar os danos, é preciso manter a cabeleira saudável em todas as estações. “É interessante que ao longo do ano a mulher já vá se preparando para o verão fazendo hidratações em seu cabeleireiro ao menos uma vez por mês, para que não haja uma preocupação quando a temporada do calor chegar”, aconselha Evandro Angelo, hairstylist do salão C.Kamura.

Protetores solares para os fios estão disponíveis há algum tempo e ajudam muito. “Esse tipo de produto geralmente contém silicones que recapeiam a haste capilar, ou seja, formam um filme protetor em volta dos fios que minimiza os danos”, explica Melo. Além dos produtos, confie na proteção de bonés e chapéus, especialmente os que têm proteção contra os raios UV.

Se você estiver na praia, o cuidado é redobrado: “aconselho a hidratação dos fios sempre que sair da água salgada e for tomar um banho”, explica Angelo.

Se você não abre mão do secador, use jatos frios, fazendo movimentos circulares e em uma distância de aproximadamente 15 centímetros da raiz dos fios. “Não esqueça do protetor térmico, que defende os fios do calor dos aparelhos, mas não dos raios UV”, alerta Angelo.

Quem tem cabelos com química ou coloração também precisa de cuidados extra. “Na maioria dos casos de ressecamento causados pelo sol, o cabelo rapidamente se recupera com hidratações, mas para quem tem alisamentos ou químicas em seus fios, é fundamental protegê-los”, explica Ligia. Use lenços, chapéus e afins se for se expor ao sol.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.