Aprenda mais sobre a dupla de produtos que salva a aparência dos cabelos de quem não tem tempo para tudo

As mulheres que vivem na correria do dia a dia ganharam um novo produto para chamar de melhor amigo. Parceiro do já conhecido xampu a seco, o condicionador no mesmo formato chega às prateleiras das perfumarias. Assim como o irmão mais velho, chega timidamente, com pouca variedade e despertando dúvidas. Por isso bolamos um guia para explicar o que é e como funciona a duplinha a seco.


Para começar, é bom entender para que serve o xampu a seco. “Ele foi criado para ajudar as pessoas quando têm que estar com o cabelo com boa aparência, mas não têm tempo de fazer uma lavagem completa”, explica Marcia Maria, visagista e presidente da associação Haute Coiffure Française no Brasil. Quando a raiz está oleosa, e os cabelos com aparência de sujos, o xampu a seco pode ser a solução.

Ao aplicar, a impressão que fica é que o produto é um pó bem fininho, muitas vezes comparado ao talco. Mas na maioria das vezes o xampu a seco vem na embalagem spray, o que facilita a aplicação e distribuição homogênea pelos fios. A cabeleireira Marceli Nakashima, do Studio W, dá a dica da aplicação: “Reparta o cabelo em algumas mechas e aplique o produto respeitando uma distância de 20 a 30 centímetros dos fios”, explica. Depois espere alguns minutos para os fios absorverem o xampu, e escove os cabelos para eliminar qualquer resíduo.

Tanta praticidade pode ser tentadora, mas não se engane: o produto não limpa os fios, apenas disfarça a sujeira. É uma maquiagem, e não um tratamento. Nada substitui a boa lavagem dos fios e do couro cabeludo, com água e um xampu tradicional.

Um “efeito colateral” benvindo dos xampus a seco é o volume que ele dá aos cabelos murchinhos. “Ele disfarça a oleosidade e deixa a raiz mais soltinha”, conta Marceli. O xampu a seco não tem o poder de um spray modelador, mas pode fazer feliz quem precisa de fios mais soltos e com balanço.

Condicionador a seco
Diferente do xampu, essa novidade do mercado tem o objetivo de dar flexibilidade aos fios, restaurando as madeixas e conferindo vitalidade ao cabelo. “O condicionador traz nutrientes que são importantes para o cabelo, além de dar vida e hidratar”, diz Marcia.

Com efeito similar ao dos óleos reparadores, a vantagem aqui do condicionador a seco é que ele pesa menos nos fios. “O óleo vai deixar, em alguns casos, o cabelo mais espesso e muitas vezes ficará mais oleoso do que hidratado. É aí que o condicionador a seco entra”, diz Marcia.

Mas tome cuidado para não exagerar ao utilizar o produto. “Não é bom aplicar o condicionador a seco diretamente nos fios sujos, o resultado pode ser justamente o peso indesejado”, alerta Marceli.

Além disso, o produto pode fazer às vezes dos condicionadores sem enxágue, também chamados de leave-in. “A diferença aqui é a praticidade, a versão seca pode ser carregada na bolsa e ser usada durante o dia, só para dar um up no visual”, diz Marcia. Mas vale lembrar que o condicionador à seco só pode ser aplicado em fios secos. Os cabelos molhados não absorvem o efeito do produto e, por ser em pó, pode fazer uma meleca nos fios.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.