A franja pode ser charmosa ou um verdadeiro desastre capilar. Para não correr riscos, chamamos o expert Rodrigo Cintra para cortar os fios da leitora Mariana Bonassa. Veja como ficou!

A franja nunca sai de moda, mas é no inverno que ela volta com tudo para os looks mais ousados. Além de ser tendência entre as famosas, o corte pode ajudar a disfarçar imperfeições, rejuvenescer, alongar a silhueta ou apenas mudar radicamente aquele visual antigo.

Longa, arredondada, desfiada ou reta. O importante é saber escolher o estilo ideal para seu tipo de rosto. Caso contrário, o desastre pode ser irreversível e você passará meses esperando que os fios cresçam novamente. “A franja causa a impressão de alongamento e acaba realçando o restante do rosto. Se o nariz ou o queixo forem grandes, por exemplo, então é melhor evitar”, alerta Rodrigo Cintra, hair stylist e visagista do salão Studio W Iguatemi, em São Paulo, e especialista do programa "Esquadrão da Moda", do SBT.

A publicitária Mariana Bonassa, de 32 anos, resolveu apostar depois de anos sem usar o corte.”Eu tive franja quando criança. Acho que vou ter mais trabalho, mas resolvi mudar por curiosidade”, contou. Rodrigo diz que outro fatores também devem ser levados em consideração antes da decisão final. “Um redemoinho pode interferir no resultado. Se ele joga a franja para baixo, dará mais trabalho, fica difícil arrumar. Se for para o alto, tende a subir uns dois dedos e não dá o caimento”, explica

Pedimos para que o profissional adaptasse o corte de acordo com o rosto de Mariana. A seguir, o passo a passo:


Saiba as diferenças entre os tipos de franja e descubra a ideal para você:

Reta

É o corte feito logo acima da sobrancelha. “É uma franja mais pesada, marcada, tem que ter estilo para segurar”, explica Rodrigo. É indicada para quem tem rosto oval comprido e o retoque deve ser feito com frequência, já que com o crescimento ela perde o formato e incomoda nos olhos. Não é indicada para cabelos crespos.

Lateral
A franja usada de lado é o estilo mais comum. É possível modelar mais fácil e usar um acessório quando desejar mudar o look do dia. “Tem um crescimento mais bonito, fica abaixo dos cílios e não incomoda no rosto”, explica o profissional. O repicado nas pontas e nas laterais do cabelo pode deixar o visual mais harmonioso e ajuda a disfarçar o rosto arredondado

Desfiada
Indicada para rosto redondo ou quadrado, a franja desfiada é ideal para uma mulher bem moderna. O repicado ajuda a disfarçar o cabelo ondulado ou cacheado. “A Sabrina Sato usou uma época e cortou no meio da testa, tem que ser segura para adotar o visual”, lembra Cintra.

Arredondada
O corte deixa a franja com caimento arredondado invadindo as laterais do rosto. Usado na década de 70 pela cantora Rita Lee, o estilo voltou com tudo e é usado também para esconder imperfeições ou marcas de expressão. “Ele é prático e envolve junto o corte do cabelo na lateral.”, conta Rodrigo

Longa
A franja longa é a mais usada por quem tem cabelos compridos. Geralmente é cortada na altura do nariz ou queixo. Ideal para rosto oval ou quadrado, tem uma continuidade com o corte do cabelo, como se fosse uma camada. “Ela tem mais movimento, dá uma quebrada naquele visual pesado e inteiro”, diz o visagista.

Agradecimentos:
Studio W Iguatemi
Virginia Gregório (maquiagem)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.