Muitos vilões estão disfarçados de mocinhos e podem dificultar que você emagreça

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=delas%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237508734521&_c_=MiGComponente_C

Certos alimentos que parecem muito magrinhos nem sempre estão liberados. Aliás, ao contrário: muitos são extremamente calóricos e podem atrapalhar seu processo de emagrecimento. Samantha Macedo, que é nutricionista da Equilibrium Consultoria, em São Paulo, revela 10 deles. Mas a especialista faz uma ressalva: É importante dizer que eles não são alimentos inadequados ou pouco saudáveis, porém, devem ser consumidos com moderação por quem quer emagrecer, por contribuírem com muitas calorias. Veja a lista que Samantha preparou e a as dicas dela para fazer as melhores escolhas:

1. Azeite
É fonte de gorduras monoinsaturadas, que são saudáveis, mas é gordura. Em uma colher de sopa temos 108 calorias! Ele pode ser substituído por 1 colher de sopa de maionese (40 kcal) ou molhos para salada light (cerca de 20 kcal por colher). Suco de limão e mostarda também são boas alternativas para temperar as saladas sem extrapolar nas calorias.

2. Castanhas
Apesar de muito saudáveis, por serem fontes de gorduras monoinsaturadas, diversos minerais e até ômega 3, as castanhas são muito calóricas. Para garantir seus nutrientes sem exagerar, ao invés de consumi-las como petisco, use-as picadas nas saladas, no arroz ou em vitaminas de frutas. Opte por sementes como a de linhaça ou girassol para dar um toque crocante aos pratos. Uma colher de sopa de castanha de caju tem cerca de 85 calorias; uma unidade de castanha do Pará, 70 calorias; e um pacote de amendoim (50g) tem 320 calorias.

3. Suco de laranja
1 copo de suco de laranja contém, em média, sumo de 4 a 5 laranjas, o que contribui com 110 kcal. Apesar de excelente fonte de vitamina C, em excesso, ele pode arruinar a sua dieta.... Consuma sucos feitos com fruta e água, como suco de limão, maracujá e acerola, ao invés de sucos que utilizam apenas a fruta pura.

4. Salada de frutas
Dependendo do tamanho e dos acompanhamentos, ela pode ser equivalente a um sanduíche ou até uma refeição completa. Por ser consumida em porções maiores e sendo preparada com frutas picadas, normalmente, equivale a 2 ou 3 frutas. Se acompanhadas de iogurte, granola e mel, fica ainda mais calórica. Opte por uma fatia de fruta, sem acompanhamentos, como abacaxi com folhas de hortelã ou 1/2 papaia com raspas de limão.

5. Queijo minas
Uma fatia de 30g de queijo tipo minas possui 66 calorias. Já uma fatia fina (15 g) de mussarela tem 46. Ou seja, o branco não é a melhor opção sempre, pois normalmente é consumido em porções maiores, por terem a fama de bonzinhos. O queijo branco, como os demais queijos (a mussarela e o queijo prato), é fabricado com leite integral, portanto, é  rico em gorduras saturadas (que podem aumentar o colesterol). Se preferir o queijo branco, consuma a versão light sempre que possível.

6. Açaí
Considerado um alimento muito saudável e popular entre os esportistas, o açaí pode ser tão calórico quanto uma refeição. Normalmente, é batido com xarope de guaraná (ou mel) e frutas, e servido acompanhado por granola. Um pote pode chegar a ter 600 calorias. Prefira as versões menores e dispense os acompanhamentos: um pote de 250g, apenas de açaí, possui 275 calorias. Se quiser se refrescar com menos calorias, um picolé de frutas tem cerca de 60 calorias. Uma bola de sorvete de chocolate de 60g tem 110. 

7. Frutas secas
As frutas secas podem e devem ser consumidas com opções de lanches saudáveis ou para dar um toque diferente a algumas preparações. Mas atenção à quantidade consumida, pois durante o processo de fabricação da fruta seca, apenas a água é retirada, mas as calorias permanecem. Ou seja: ela tem um aspecto muito menor, porém as calorias são as mesmas da fruta in natura. Controle a quantidade e, quando estiver com muita fome, prefira as versões frescas que, por possuírem água, são maiores, levando mais tempo para serem consumidas e a sensação de saciedade é maior.

8. Tomate seco
Sendo feito com tomates conservados no azeite, ele pode levar as calorias da sua salada às alturas. Uma opção é deixá-lo em uma peneira de um dia para o outro, e usar papel toalha para retirar o excesso de azeite. Pique o tomate seco para dar sabor, sem exagerar na quantidade. Opte por tomate fresco temperado com orégano, manjericão e sal. Uma porção de 20g de tomate seco fornecem 75 calorias.

9. Isotônicos
Diferente do que muitos pensam, os isotônicos possuem calorias (cerca de 120, para 500 ml). Além de hidratarem e fornecerem sais minerais, possuem carboidratos e são utilizados como repositores de energia após a prática de exercícios. Não exagere e prefira água para hidratar, caso não necessite repor os estoques de carboidratos. Ao longo do dia, opte pela água pura ou aromatizada com hortelã para matar a sede e garantir a hidratação.

10. Iogurte
Apesar de ser fonte de cálcio e proteína e em algumas versões, facilitar o funcionamento do intestino, um iogurte possuir entre 120 a 150 calorias. Prefira as opções light, com cerca de 60 calorias e não exagere na quantidade, pois não adianta substituir pelo light, que tem metade das calorias, mas consumir o dobro. Vale usar o iogurte batido com polpa de fruta ou as versões prontas, misturadas com suco, que são menos calóricas. Fique de olho no tamanho do pote e opte pelas versões de 120g ao invés das de 200g.

Leia mais sobre: dieta

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.