ver novamente
  • Aquário
  • De 21/01 a 20/02

Horóscopo de Hoje - 23/10/2014

Monica Horta, astróloga do Delas

O encontro de planetas em Escorpião e, principalmente, a relação harmoniosa que eles estabelecem com Netuno podem mostrar soluções novas e criativas para todos os impasses da sua vida profissional. Dê um crédito de confiança à sua imaginação.

Recados dos Astros

Monica Horta, astróloga do Delas

O céu pode fazer você se encantar por alguém muito carismático. Mas o verdadeiro amor pode estar sentado na cadeira ao seu lado.

Céu de Hoje

Monica Horta, astróloga do Delas

Um dia de influências contraditórias. Por volta das 10h, o Sol entra no signo de Escorpião enquanto a Lua e Vênus continuam garantindo a energia racional e diplomática do signo de Libra. Mas, no começo da noite, as duas também mudam de signo e vão contribuir para o clima dramático que virá junto com um eclipse parcial do Sol.

Tendências amorosas

Monica Horta, astróloga do Delas

A semana para o signo

Monica Horta, astróloga do Delas

A partir de quinta-feira, com Vênus e a Lua Nova acontecendo na parte mais alta do seu céu, você pode esperar uma movimentação muito positiva na sua vida profissional. Confie na sua intuição e deixe as coisas acontecerem. O céu está a seu favor.

O perfil de Aquário

Os que nascem nesta época do ano vão ter que integrar nas suas vidas a contradição interna que marca o destino dos aquarianos.

Ricos ou pobres, bonitos ou feios, inteligentes ou burros, todos tem dentro de si uma centelha de rebeldia, uma curiosidade universal e um fascínio pela passagem do tempo. Aquário é regido por dois planetas que à primeira vista parecem antagônicos. É o espaço do céu que Saturno, o deus do tempo e dos limites, tem que dividir com Urano, o senhor do caos e da liberdade. Desse encontro de gigantes podem nascer pessoas diferentes, até mesmo opostas. Se a força maior é de Urano, aparecem os revolucionários, os subversivos, que em qualquer área em que atuem vão se dedicar a recriar o novo. Como Mao Tse Tung fez com a China, como Christian Dior fez com a alta-costura, como Mozart fez com a música ou James Joyce com a literatura. Querendo ou não, os aquarianos desse tipo tem um encontro marcado com uma revolução. Se não estiverem ao lado dela, vão ser vítimas dela. Como Luiz XVI, o rei que acabou na guilhotina. Quando o peso maior é para Saturno, aparecem os aquarianos que vão se dedicar a conservar e a reorganizar tudo o que o tempo traz. Colecionadores, historiados, cientistas, ou ditadores. A psique dos que nascem neste signo oscila entre a contestação e a ditadura. Mas todos tem uma coisa em comum: a necessidade de fazer parte de um grupo, mas participar dele como uma pessoa independente. Por causa da influência de Saturno, sabem que, sob um determinado ponto de vista, todos os homens são iguais, mas por causa de Urano tem a consciência de que nunca existiram nem vão existir dois homens iguais sobre a face da Terra. O destino dos aquarianos é passar de Saturno a Urano. É passar do passado ao futuro sem se preocupar com o presente. Porque para eles, o presente não existe.

últimas notícias

      Todas as notícias