Richard La Ruina tem a receita do sucesso com as mulheres: bom humor, controle e um pouco de arrogância

Ele não é Don Juan, mas se diz capaz de conquistar qualquer mulher. Richard La Ruina, empresário britânico de 31 anos, é especialista em sedução – um “Pick Up Artist”, como prefere definir. Autor bem-sucedido do livro “The Natural Art of Seduction”, que será publicado no Brasil ainda em 2011, La Ruina ganha a vida treinando homens solteiros em busca de amor, paixão ou nada além de muitas aventuras.

Ex-tímido, ex-solitário e ex-analista financeiro, Richard nunca havia beijado uma garota até completar 21 anos. Depois disso, tudo mudou. Aprendeu o “ofício” e, em 2006, fundou a “ PUA Training ” – empresa que reúne equipes formadoras de “pegadores” com representação em vários países, inclusive Brasil.

Conversamos com Richard para saber o que ele tem ensinado aos homens sobre as mulheres. Confira!

 Richard La Ruina ensina a arte da conquista para homens de 18 a 55 anos
Arquivo Pessoal
Richard La Ruina ensina a arte da conquista para homens de 18 a 55 anos
iG: Qual é o perfil dos homens que procuram treinamento?
Richard La Ruina:
Atendo de estudantes até empresários, entre 18 e 55 anos. São caras legais, introvertidos e que não têm o ego inflado. Eu diria que 80% dos homens que nos procuram querem uma namorada e 20% querem ter vários encontros e tirar o atraso dos anos que perderam.

iG: Quais são as principais dificuldades deles na hora de abordar uma mulher?
Richard La Ruina:
Eles não sabem como abrir a conversa, também ficam sem assunto durante o papo. Geralmente eles têm diálogos chatos e não sabem como avançar para dar um beijo na boca.

iG: Parece que o tipo “bonzinho” tem mais dificuldade com as mulheres. É isso mesmo?
Richard La Ruina:
É basicamente isso. Mulheres são atraídas pelos “bad boys”, mas é totalmente possível que os caras legais conquistem garotas. Eles só precisam adotar algumas características de sedução, como fazer brincadeiras, ficar indisponível de vez em quando, representar um desafio para a mulher e ser um pouco arrogante. Enfim, ele deve estar no controle, ser um “ macho alfa ”! Tem outras coisas, mas esse é um bom começo.

iG: Arrogância? Mulheres gostam disso?
Richard La Ruina:
Funciona porque mostra que você não está intimidado diante da beleza dela. Mas isso deve ser sempre feito sutilmente, com um sorriso. Um homem arrogante e sério não é legal.

Richard La Ruina:
Arquivo Pessoal
Richard La Ruina: "Se ganhar um olhar de volta, pode apostar no beijo"
iG: Sobre os treinamentos com imersão, como eles funcionam?
Richard La Ruina:
O “bootcamp” é um tipo de curso intensivo no qual os homens passam um fim de semana em treinamento. Eles aprendem na teoria sinais de linguagem corporal, técnicas de conversação e outros. Também participam de um trabalho de campo para testar as habilidades de conquista: durante o dia vão ao shopping e à noite ao bar ou balada. Outro intensivão pode ser feito na casa da pessoa, individualmente.

iG: Quais são as recomendações principais que você dá sobre conquista?
Richard La Ruina:
O contato visual deve ser sólido e ele não pode hesitar ao falar. Também é importante não fazer muitas perguntas e mesclar a conversa com afirmações. Ser brincalhão – e não sério demais – é bem mais atraente. Tocá-la no braço durante o encontro ajuda a construir uma conexão. Já na hora do beijo, ele deve tomar a liderança e olhar com desejo para ela: se ganhar um olhar de volta, pode apostar no beijo.

iG: Mas não queremos saber só os truques que seus alunos levam na manga. Qual o segredo para uma mulher seduzir um homem? O que mexe com você?
Richard La Ruina:
Eu gosto de mulheres dóceis, mas também com um lado sexy. Tem que ser amável e gentil e não ser fácil demais. Deve ser dura comigo, interessante e interessada. Um bom jeito de ganhar minha atenção logo no começo é me desafiar e ser atrevida. É excitante.

Comente esta entrevista!

    Leia tudo sobre: amor
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.