Discutir a relação com os ânimos exaltados tende a piorar a situação

Aprenda a dar um tempo
Getty Images
Aprenda a dar um tempo
Psicólogos e terapeutas concordam que colocar “os pingos nos is” é importante para estabelecer um relacionamento saudável. Contudo, quando os ânimos estão exaltados, discutir a relação pode ser desaconselhável.

Para o especialista em relacionamentos Sérgio Savian, escolher o melhor momento para conversar é tão importante quando o próprio diálogo. “Se estiver sob efeito de muita raiva é melhor deixar o tempo passar”.

A consultora Clauydia Toledo lembra que entrar numa discussão com a cabeça quente pode gerar ainda mais problemas para o casal. “O tema principal da discussão se perde e só ficam as agressões. É comum e muito errado misturar o tema da briga com antigos atritos”, afirma.

Fatalmente, a conversa terminará em briga, e depois de algum tempo, um dos lados tende a ceder por cansaço, o que pode desencadear falsas promessas. “Prometer e não cumprir é uma forma desonesta de se relacionar consigo e com os outros”, diz Savian.

Então, da próxima vez que perceber momentos intempestivos, escolha um breve afastamento. Com a cabeça fria você terá mais chances de expressar os seus sentimentos de forma assertiva.

Clauydia Toledo
Terapeuta e diretora da A2 Encontros
www.a2encontros.com.br

Sérgio Savian
Especialista em relacionamentos
http://www.sergiosavian.com.br/

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.