“Ferrari” dos vibradores e anel peniano que conta calorias: três acessórios para usar com ele e três para brincar sozinha

Os sex shops brasileiros – virtuais e físicos – estão cheios de opções para apimentar o sexo ou incrementar momentos de diversão solitária. Segundo a Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual, existem 12 mil tipos de produtos diferentes à venda. Para facilitar a busca pelos melhores, as consultoras Izabela Berg e Lu Riva elegem os brinquedos eróticos mais quentes do mercado. Elas também indicaram o jeito mais prazeroso de usá-los.

> PARA USAR COM O PARCEIRO

Patinho amigo
A primeira sugestão das consultoras nem parece um apetrecho erótico quando visto de relance. Na figura de um inocente patinho, o massageador vibratório de látex I Rub My Duckie promete incrementar a relação dos casais. “Enquanto a mulher faz sexo oral no homem, ela pode passar o brinquedinho por toda pelve e na base do pênis dele, que vai enlouquecer com a vibração”, indica Lu. À prova d’água, o aparelho tem duas versões. A mais feminina é rosa, com um pequeno boá removível de plumas e um cristal Swarovski no bico, a mais masculina é preta e tem aparência roqueira. Ambos custam, em média, R$ 85.

O massageador íntimo leva uma pedra de cristal
Divulgação
O massageador íntimo leva uma pedra de cristal


Contando e queimando calorias
Como qualquer atividade física, o sexo também gasta energia. A novidade é que agora você pode saber exatamente quanto foi gasto. Quem promete fazer essa conta é o Anel Peniano Contador de Calorias Sex Counter. “Ele ajuda a manter a ereção, retarda a ejaculação e estimula os testículos. De quebra, estimula também o clitóris da mulher durante a penetração”, diz Lu. Colocado na base do pênis, o apetrecho é feito de silicone e vibra quando acionado. A alimentação é feita por baterias recarregáveis, que duram 40 minutos. Em média, custa R$ 40.

Anel peniano permite estimulação do clitóris e retarda a ejaculação
Divulgação
Anel peniano permite estimulação do clitóris e retarda a ejaculação


Calcinha vibratória
O erotismo de uma lingerie não se restringe mais ao modelo dela. Os sex shops brasileiros contam agora com uma calcinha que vibra toda vez que um pequeno controle remoto é acionado. Uma pequena cápsula introduzida na peça íntima fica em contato com os grandes lábios e o clitóris. “O casal pode ir a um restaurante e ficar brincado durante todo o jantar. Em casa, pode ser no estilo voyeur. Ela fica dançando enquanto ele assiste sentado numa poltrona, levando a parceira ao orgasmo com as tremidinhas”, sugere Izabela. Funciona a pilha e custa a partir de R$ 600.

A calcinha vibratória vem com controle remoto
Divulgação
A calcinha vibratória vem com controle remoto


> PARA SE DIVERTIR SOZINHA

10 línguas!
O Sqweel cabe na palma da mão e promete simular com competência o sexo oral na mulher. A engenhoca inglesa tem dez pequenas línguas giratórias de silicone que se movimentam em três velocidades. “Ele é legal porque você pode segurá-lo com uma das mãos e deixar a outra livre para acariciar as outras partes do corpo”, conta Lu. O aparelho funciona com pilhas e custa por volta de R$ 400.

Dez línguas num só aparelho
Getty Images
Dez línguas num só aparelho

‘Ferrari’ dos vibradores
À primeira vista parece um abridor de garrafas de design futurista, mas a utilidade dele não passa nem perto disso. O vibrador Soraya, da marca Lelo, custa em média R$ 650 e é apelidado por Lu de “Ferrari”, por ser top de linha na categoria. De dupla função, ele possui duas hastes e oito níveis de intensidade. “É um brinquedo delicioso. Além de usá-lo na penetração, a mulher pode escolher o estímulo que quer receber no clitóris”, explica a consultora. O aparelho vem com um carregador e a bateria aguenta até quatro horas de uso ininterrupto. Fôlego?

Vibrador Soraya: oito padrões únicos de vibração
Divulgação
Vibrador Soraya: oito padrões únicos de vibração


Disfarçados
O tradicional formato de pênis está mesmo perdendo espaço no mercado de vibradores. Na forma de canetas, pincéis de blush e chaveiros, os novos aparelhos têm a mesma função dos antigos, mas são mais discretos e de aparência delicada. “Eles são conhecidos como os ‘disfarçados’. Dá para carregar na bolsa sem nenhum medo de que alguém veja. As mulheres mais velhas adoram”, diz Izabela. “Se o namorado novo encontrar um desses no seu banheiro, vai sacar que você gosta de brincar, mas não vai ficar chocado”, completa a consultora. O modelo Mia da Lelo, que simula um batom, custa por volta de R$ 200 e pode ser carregado na entrada USB do computador.

Vibrador em formato de batom é recarregável no computador
Divulgação
Vibrador em formato de batom é recarregável no computador

Agradecimentos: Espaço Lu Pompoar - Rua Joel Jorge de Melo, 60 – Vila Mariana –São Paulo – Tel.: (11) 3297 4850 | Oversexy - Av. das Américas, 700 - Shopping Cittá América – Rio de Janeiro - Tel.: (21) 2132-7196 | Loja do Prazer Tel.: (11) 5034-7444


LEIA MAIS NO DELAS:
Como enlouquecer um homem na cama
Como enlouquecer uma mulher na cama
Cinco dicas para fazer sexo oral nele
Cinco dicas para fazer sexo oral nela
Apimente a relação com 30 posições sexuais
10 perguntas respondidas sobre sexo anal
Cinco atitudes das mulheres boas de cama


Clique aqui para assinar a newsletter do Delas

Siga o @delas no Twitter e curta a página do Delas no Facebook



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.