Mecanismo de ciúme é ativado em homens e mulheres por diferentes razões

Para a maioria deles, a traição de suas parceiras com outra mulher não representaria uma concorrência direta
Getty Images
Para a maioria deles, a traição de suas parceiras com outra mulher não representaria uma concorrência direta
Novo estudo mostra que o homem é muito mais propenso a continuar o relacionamento com uma mulher que o traiu com outra mulher do que quando o objeto da traição é um homem. Por outro lado, a mulher é muito mais propensa a continuar com um homem que teve relações sexuais com outra mulher do que com um homem que teve um caso com pessoas do mesmo sexo.

As descobertas oferecem uma nova visão em relação ao desejo geral do homem, em ter diversas parceiras sexuais, e da mulher, em ter um compromisso com um único homem, disseram os pesquisadores da Universidade do Texas.

“Um forte mecanismo de ciúme é ativado em homens e mulheres por diferentes razões – no caso dos homens, as que ameaçam a paternidade; e para as mulheres, as que as põem em risco de abandono”, disse Jaime C. Confer, autor do estudo e estudante de doutorado em psicologia evolucionária.

Participaram do estudo 700 estudantes universitários, os quais tiveram de imaginar que estavam em um relacionamento sério e como reagiriam a diferentes tipos de infidelidade. Dentre os homens, a probabilidade de continuar com a namorada que teve um caso com outra mulher foi de 50%. No caso do objeto da traição ter sido um homem, a probabilidade de manter o relacionamento foi de 22%. No caso das mulheres, a probabilidade de continuar com o namorado que as traiu com outra mulher foi de 28%. Quando o objeto da traição foi outro homem, a probabilidade de manter o relacionamento foi de 21%.

O estudo foi publicado na edição de janeiro da revista especializada Personality and Individual Differences. 

Leia também:
Como detectar que ele está mentindo
Minha amiga foi traída: conto ou não conto?

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.