Pressa para ter união estável é explicada pelo medo da solteirice e impressão de ter deixado grande amor escapar

Levantamento recente com duas mil mulheres mostra que elas querem se casar cedo e têm medo de não encontrar o par ideal. Essa “síndrome de Bridget Jones”, baseada na personagem do cinema que fica solteira até depois dos 30 anos, questiona a imagem de mulher contemporânea que coloca a carreira e vida social na frente do relacionamento e da família.

Divulgação
"Síndrome de Bridget Jones" estimula mulheres a se casar mais cedo
De acordo com a pesquisa, publicada na revista More, mulheres de 20 e poucos anos disseram, em média, que a idade ideal para se casar é 26 anos – e o nascimento do primeiro filho vem 12 meses depois.

Entre essas mulheres, 40% acham que já deixaram passar o homem certo para suas vidas, mas 99% acham que é precipitado se casar antes dos 21 anos.

O casamento é visto como o principal compromisso pelas mulheres: 68% colocaram a união estável acima de ter um bebê ou comprar uma casa com o parceiro e 60% dizem que é essencial estar casada para ter filhos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.