Declarações apimentadas marcam a temporada do reality show. Saiba quais são as preferências e fantasias dos confinados

Raquel quer transar no elevador
Reprodução/Rede Record
Raquel quer transar no elevador
Sexo oral, sexo anal, sexo a três: tudo é assunto para os participantes do reality show “ A Fazenda 4 ”, da Rede Record. Um dos exemplos mais recentes é a declaração da personal trainer Joana Machado sobre o prazer feminino: “Sexo oral toda mulher gosta. Homem que não sabe fazer está morto”, disse ela na atividade promovida em 21 de setembro, quando cada um tinha que fazer perguntas íntimas aos outros e bancar o entrevistador.

Sexo oral, aliás, é tema comum nas conversas da casa. Raquel Pacheco, também conhecida como a ex-garota de programa Bruna Surfistinha, até simulou o ato com uma barra de chocolate em brincadeira com a funkeira Valesca Popozuda – tudo para animar a audiência masculina. Em outra ocasião, Pacheco deu lições para fazer sexo oral em um homem: “Tem mulher que coloca mais a mão do que a boca, mas tem que colocar mais a boca do que a mão”, disse animada depois de uma festa. [Leia no iG Gente: Peoas simulam sexo oral com chocolate ]

Marlon se anima com o bate papo das moças
Reprodução/Rede Record
Marlon se anima com o bate papo das moças
No reality, nada parece ser tabu e até sexo anal é discutido com naturalidade. Valesca e Raquel afirmaram gostar da prática. O cantor Marlon se animou com o bate papo e contou: “Dá uma sensação de poder”. Ele disse também que prefere transas mais intensas: “sexo tem que ser pauleira, rock and roll”.

Sexo em locais públicos é outra preferência – ou fantasia – dos peões. “Eu já fiz no banheiro do avião e até na primeira classe”, disse Joana. Marlon comentou que fez sexo na escadaria de um prédio e Valesca Popozuda se lembrou de uma aventura dentro de um ônibus. Raquel Pacheco contou que transou no banheiro de uma casa noturna e no cinema. Sua vontade não realizada, porém, é fazer sexo dentro de um elevador com a câmera ligada e “sabendo que o porteiro está assistindo”.

Eliminada do programa, a modelo Renata Banhara foi uma das primeiras a abrir o jogo e revelou aos colegas que colocou um “chip” no corpo para recuperar a libido. ‘“No meu meio as minhas amigas chegam e falam: ‘eu sou irada, dou pirueta no teto, giro no lustre’. Daí eu fico olhando com uma cara... Às vezes eu sou assim, mas às vezes não. Às vezes fico meio broxa”, contou a peoa. [Leia mais: O “chip do tesão” que Renata Banhara implantou no corpo ]

Tanto papo sobre sexo pode ser explicado pela falta de ação. A abstinência parece mexer com a cabeça dos peões. “Estou há 48 dias sem fazer sexo, já virei virgem de novo, vou ter que reaprender tudo”, brincou Raquel. Marlon, Joana e o ator Thiago Gagliasso também deixaram escapar que não aguentam ficar sem transar por tanto tempo – e eles estão confinados desde julho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.