50 acessórios para entrar no clima de "Cinquenta Tons de Cinza"

De máscaras e lingeries a algemas e chicotes, apetrechos para apimentar a relação sem forçar a barra

Ricardo Donisete - iG São Paulo |

Ocupando atualmente os primeiros lugares das listas brasileiras dos livros mais vendidos, a trilogia “Cinquenta Tons” (Intrínseca) é um sucesso inegável. Além divertir muitas mulheres com a história do casal Christian Grey e Anastasia Steele, a série erótica atiçou na cabeça das leitoras a vontade de experimentar a fantasia da dominação e da submissão, o sadomasoquismo.

O universo fetichista de “Cinquenta Tons de Cinza” é povoado de itens eróticos, como a máscara que deixa as mulheres mais sedutoras . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaA fantasia se completa com uma lingerie sensual e sofisticada . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaEssa charmosa cinta-liga agradaria não só a Christian Grey, mas a qualquer outro homem que a visse nas pernas da amada  . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaSubmissa sim, mas com a classe proporcionada por essa coleira de couro com cadeado dourado e cheio de brilhantinhos . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaO combinado bota de couro de salto alto com meia arrastão é irresistível . Foto: Getty ImagesAs mulheres mais românticas preferem coleiras e algemas de mentirinha, feitas com renda e seda . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaPara as que gostam de uma pegada mais forte, a opção é essa algema de metal coberta de pelúcia . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaQuem não gosta da frieza do metal, pode deixar toda a algema coberta com pelúcia . Foto: DivulgaçãoEssas luvas pretas proporcionam um toque macio na pele . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaEssa faixa de cetim serve para vendar os olhos ou amarrar as mãos. O vibrador prateado e discreto completa a brincadeira . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaAnastasia Steele foi às nuvens quando Christian amarrou suas mãos com a famosa gravata cinza . Foto: Getty ImagesNão se engane esses detalhes em rosa, esse chicote é mesmo para quem gosta de um sexo mais quente . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaPara quem não quer saber de detalhes delicados, a opção é esse chicote todo preto . Foto: DivulgaçãoSadomasoquismo para bem-nascidos. Essa algema mostrada por Luciana Keller, da Constantine Boutique, tem argolas douradas. Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaNa versão com argolas foscas, a mesma algema é acompanhada de uma coleira de couro . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaPara os adeptos de um estilo mais rústico, uma algema feita em EVA. Ela prende as mãos.... Foto: Alexandre Carvalho/ Fotoarena...e os pés ao mesmo tempo. Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaÉ bom ir com calma na hora de usar uma palmatória como essa . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaNuma cena marcante do primeiro livro, Christian pede que Anastasia use bolinhas de pompoarismo . Foto: Amana Salles/FotoarenaO plug anal também faz parte da fantasia de Christian com sua amada Anastasia . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaUm sapato de salto poderoso pode tornar o fetiche sadomasoquista ainda mais explosivo . Foto: Thinkstock PhotosEssa cinta de couro feminina tem uma abertura frontal com um zíper . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaAs bonequinhas temáticas ajudam a criar o clima de fantasia . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaSapato coberto de renda preta... Foto: Thinkstock Photos...que combina com as rendas da lingerie . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaNem só de preto vive o fetiche sadomasoquista. Uma lingerie cinza prateada também pode fazer parte da brincadeira. Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaComo detalhes em metal prateado, essa lingerie em duas peças é toda inspirada no clima “Cinquenta Tons” . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaEssa é uma calcinha bem diferente. Ela tem um dispositivo vibratório que é acionado por controle remoto . Foto: Bruno Zanardo/FotoarenaUma coleira para quem gosta do fetiche do sadomasoquismo, mas não abre mão da sofisticação. Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaColeira vermelha com cadeado dourado para quem não é muito fã de couro preto. Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaEsse modelo de coleira é mais simples e tem uma fivela no lugar do cadeado . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaLuciana mostra mais um modelo de máscara e uma vassourinha de penas que faz parte do fetiche . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaUm modelo de máscara mais simples, mas não menos erótico . Foto: DivulgaçãoA venda tira a visão, mas deixa o sentido do tato mais aguçado . Foto: DivulgaçãoUm ‘clássico’ da prática, o chicotinho não pode faltar numa fantasia sadomasoquista . Foto: DivulgaçãoEsse modelo é todo aveludado e está disponível nas cores vermelha e preta . Foto: DivulgaçãoJá essa palmatória, tem o formato de uma mão . Foto: DivulgaçãoAlgemas com hastes que podem ser fixadas nos batentes de uma porta . Foto: DivulgaçãoA fantasia pode ficar mais quente com ajuda de sex toys eletrônicos, como esse vibrador dourado . Foto: Bruno Zanardo/FotoarenaTambém dourado, mas mais discretinho, esse vibrador pode ser colocado no pescoço como um pingente. Foto: Bruno Zanardo/FotoarenaTodo preto, esse plug anal combina com o fetiche sadomasoquista . Foto: DivulgaçãoEsse modelo de vibrador tem estimulação dupla, vaginal e clitoriano . Foto: Bruno Zanardo/FotoarenaNos sex shops virtuais e eletrônicos, os acessórios são vendidos em kits, como esse que tem algemas e venda . Foto: DivulgaçãoPara ser encaixado na mão, esse masturbador é vibratório e à prova d’água . Foto: Bruno Zanardo/FotoarenaEsse kit de algemas para pés e mãos tem várias faixas extensoras . Foto: DivulgaçãoEspecial para o sadomasoquismo, essa fita adesiva não machuca a pele quando retirada . Foto: Alexandre Carvalho/ FotoarenaAs algemas do kit têm textura aveludada . Foto: DivulgaçãoTodo cinza, esse kit agradaria em cheio ao exigente Christian Grey . Foto: DivulgaçãoAlgemas, chicote e venda. Tudo que um kit sadomasoquista básico precisa ter . Foto: Divulgação  Sadomasoquismo debaixo d’água? Essas algemas com ventosas levam o fetiche para o chuveiro . Foto: Bruno Zanardo/Fotoarena

De acordo com especialistas em sexualidade, o fetiche que esquenta a trama da trilogia pode mesmo apimentar as relações dos casais. “De maneira geral, ler sobre erotismo costuma provocar as fantasias de quem lê”, esclarece a sexóloga Maria Cristina Romualdo Galati, do Instituto Kaplan de São Paulo. “Como 'Cinquenta Tons' envolve o sexo com uso de acessórios associados ao sadomasoquismo, como algemas e chicotes, muitos pessoas acabam inserindo esses itens nas suas relações”.

Faça o teste e descubra: Qual brinquedo erótico combina com você?

A sexóloga acredita que o livro faz sucesso com um grupo grande e heterogêneo de mulheres porque mostra uma versão abrandada e fantasiosa da prática de dominação e submissão. “'Cinquenta Tons' é um conto de fadas moderno, que traz em suas páginas um sadomasoquismo light”, opina a especialista.

A psicóloga Luciana Keller, dona da boutique erótica Constantine, em São Paulo, diz que essa versão adocicada da prática é de fato a que mais faz sucesso entre as suas clientes. “A maior parte das mulheres encara tudo como um fetiche. Os acessórios que elas compram, inclusive, são mais para brincar do que para provocar dor de verdade nela e no parceiro. Elas rejeitam o sadomasoquismo mais hard”, diz.

De olho nessa preferência pelo sadomasoquismo light, Luciana suavizou um dos acessórios mais emblemáticos da prática, as algemas. Em vez do frio metal, o acessório tem agora uma versão feita de seda e rendas. “As mulheres gostam porque é bem feminino e nada agressivo”, opina a empresária e psicóloga. Da mesma forma, os chicotes têm suas pontas cobertas de material aveludado para não machucar.

Alexandre Carvalho/ Fotoarena
Luciana Keller: "Elas rejeitam o sadomasoquismo mais hard”

Sexo baunilha

Independente dos acessórios e figurinos especiais, a essência do sadomasoquismo guarda semelhanças com ‘o sexo baunilha’ – termo usado pelos praticantes de SM para descrever as relações comuns, não sadomasoquistas.

“Toda transa envolve, mesmo de maneira sutil, a dominação de um para a submissão de outro. Faz parte do jogo erótico”, pontua Maria Cristina.

Para a sexóloga e colunista do Delas Fátima Protti, a fantasia de ser dominada é muita poderosa para as mulheres, que se sentem sexualmente irresistíveis e libertas de certas amarras morais e religiosas.

“Durante as brincadeiras, o imprevisível e a falta de controle por estar presa com algemas ou vendada gera medo, mas também muita excitação”, diz.

Inverter a situação, dominando o parceiro com o corpo e a própria sensualidade, também agrada as mulheres, segundo Fátima. “A fantasia é uma maneira de viver algo diferente. Criamos outra identidade para viver o que é erótico, mas proibido na realidade. Brincando de faz de conta realizamos os desejos e aliviamos as tensões”, analisa a sexóloga.

Calma e cuidados

Mesmo com a excitação e a empolgação provocadas pelos livros, é melhor ir com calma na hora de realizar as fantasias, que não serão colocadas em prática somente por você. “O parceiro pode tomar um susto se a parceira, de uma hora para outra, aparecer vestida de dominatrix e paramentada com chicotes, palmatórias e algemas”, brinca Maria Cristina, ao mesmo tempo em que aconselha as mulheres a tentar uma abordagem mais delicada com os maridos ou namorados.

Fátima sugere uma maneira sútil de introduzir essa fantasia na rotina sexual do casal. “Crie brincadeiras com as vendas, e depois tente as amarras. Nesse crescente vocês ficarão à vontade para comunicar suas fantasias e limitações”, propõe a sexóloga. Vale lembrar que um dos momentos mais marcantes do primeiro livro “Cinquenta Tons” se dá quando Anastasia tem suas mãos amarradas com a famosa gravata cinza de Christian.

À medida em que começa a realizar o fetiche relacionado ao sadomasoquismo, é importante que o casal  converse e estabeleça os limites de cada um na prática. “A fantasia deve ser prazerosa para ambas as partes, sempre preservando a integridade física dos dois”, finaliza Maria Cristina.
_____________________________________________________________________________

Agradecimentos: Adão e Eva Toys - Alizée - Constantine Boutique 

Leia mais sobre "Cinquenta Tons de Cinza":
“Erótico”, “comedido” e “sujo”: leitoras divergem sobre Cinquenta Tons de Cinza
"Cinquenta Tons de Cinza" bate "Harry Potter" e impulsiona sex shops britânicas 
Por que o contrato de "Cinquenta Tons de Cinza" é tão importante? 

>>> Assine a Newsletter, curta nossa página no Facebook e siga o @Delas no Twitter <<<

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG