Saiba quais são as roupas e comportamentos mais criticados por homens e mulheres – e as dicas para fazer bonito

O primeiro encontro gera ansiedade e expectativa. Passar uma boa impressão é importante e, com alguns cuidados na conversa e visual, as chances de conquistar a outra pessoa vão aumentar.

Roupa
Saias muito curtas, roupas muito provocativas ou que possam ser interpretadas como vulgares estão fora de questão para as mulheres. Além de estar adequado ao ambiente, o visual tem que imprimir personalidade. “É importante comunicar seu estilo”, explica Alexander Voger, instrutor executivo da empresa Seduction Life, especializada na dinâmica de relacionamentos. Segundo ele, vale investir nos acessórios que tem a sua cara, como anéis e pulseiras. Para elas, também vale tomar cuidado com perfume muito forte e maquiagem exagerada.

Os homens também têm com o que se preocupar. As moças possuem uma lista negra do primeiro encontro, segundo aponta uma pesquisa com brasileiras entre 25 e 55 anos. Realizado pela agência Par Ideal, o levantamento indicou a bermuda como grande vilão: 22% das respostas indicavam que a roupa não deve ser usada pelo homem na ocasião. Outros itens apontados como inapropriados foram pochete (10%), sapato social com meia branca (15%) e chinelo (12%).


Comportamento
Insegurança, timidez e carência são os aspectos que mais afastam o parceiro no encontro. “O outro imagina que deve haver algo errado com a pessoa para ela estar tão insegura”, diz Alexander. “O homem já imagina que a mulher é difícil de lidar, passou muito tempo sozinha ou que troca muito de namorado”, exemplifica.


As principais reclamações dos pretendentes, segundo o instrutor, são sobre pessoas que falam demais, só concordam ou que não tem opinião própria. Assuntos chatos ou que indiquem monotonia estão fora da pauta também. Para contornar o nervosismo o humor é uma das estratégias mais indicadas. “Para aliviar a pressão faça uma piada com a sua ação ou com uma eventual gafe”, diz Alexander.

Uma dica para um encontro de sucesso é ser criativo. A recomendação é que o casal faça um programa diferente do padrão, que marque na memória. Portanto, o previsível cinema e pizza estão fora do cardápio. Parques, museus ou shows são alternativas, desde que tenham relação com sua personalidade.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.