Livro recomenda que as mulheres desistam do homem perfeito e se casem logo

Case com o sapo: escritora aposta em relacionamentos viáveis
Getty Images
Case com o sapo: escritora aposta em relacionamentos viáveis
“Marry Him: The Case for Settling for Mr. Good Enough” chega às livrarias americanas disposto a provocar as mais maduras. Sem rodeios, a escritora Lori Gottlieb propõe que as mulheres com mais de 30 anos cessem a busca pelo homem perfeito e se casem com um “cara legal”.

Segundo ela, as mulheres estão perdendo ótimas oportunidades amorosas por conta do alto nível de exigência. “Existem homens maravilhosos que querem compromisso, são inteligentes e divertidos. Eles podem não ser lindos, mas poderão fazê-la feliz”, afirma em seu livro, segundo destaca o site Telegraph.

Gottlied dispensa o uso de meias palavras e determina: “Pergunte a qualquer mulher heterossexual beirando os 40 anos o que ela mais anseia na vida. Ela provavelmente não vai dizer que é uma carreira melhor ou uma cintura mais fina, ou ainda um apartamento mais espaçoso. O mais provável é que ela diga que realmente deseja um marido”.

O conceito de felicidade de Lori Gottlieb já provoca a ira de outros escritores da área comportamental. “Isso é um absurdo. Eu só encontrei o homem ideal aos quarenta anos e agora me dou conta de que ele realmente foi merecedor de minha espera”, rebate Maureen Waller, autora de "The English Marriage: Tales of Love, Money and Adultery", livro que retrata a história dos casamentos na Inglaterra.

Waller ainda compara os desejos íntimos das mulheres com a ficção. Para ela, assim como Carrie Bradshaw, no filme “Sex and the City”, a maioria prefere esperar pelo homem certo - correndo todos os riscos - do que se contentar com o “quase certo” e sem muita paixão.

Mas as críticas parecem não abalar Gottlied, que apesar de já ter desistido do príncipe, ainda não encontrou o “sapo da felicidade”. Mãe solteira quarentona, ela imprime a seguinte dedicatória na página de abertura de seu livro: "Para meu marido, quem quer que seja".

    Leia tudo sobre: amor
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.