Jovem sofreu acidente de carro com namorado e ficou paraplégica. Durante a recuperação, descobriu que ele havia fugido do país e se casado com outra

Quem conhece o ditado: “pior do que está, não fica”, sabe que, na verdade, as coisas podem sempre piorar. Imagine sofrer um acidente de carro, ficar paraplégica e, durante a recuperação,  descobrir uma traição do namorado . Foi exatamente o que aconteceu com a jovem irlandesa Anastassiya Kravtsova.

Mais do que com o fato de ter ficado paraplégica, jovem sofreu com a traição do namorado
shutterstock
Mais do que com o fato de ter ficado paraplégica, jovem sofreu com a traição do namorado


Tudo aconteceu durante um encontro. O então namorado da jovem, Beres Szabolcs, conhecido como Alex, dirigia o carro e acabou batendo . Ele saiu ileso, mas Anastassiya fraturou a coluna, o pescoço, 12 costelas, as duas clavículas, ombros e teve os dois pulmões contundidos. Durante sua recuperação, Alex sumiu. Alguns meses depois, ela descobriu a traição do namorado .

Sob a ameaça de ser punido pelo acidente que havia provocado, Alex fugiu para a Itália e, na tentativa de evitar uma extradição, acabou se casando com uma mulher. A tática não funcionou e as autoridades irlandesas conseguiram trazê-lo de volta, condenando-o a oito meses de prisão por danos corporais graves e direção negligente. Ele também está proibido de dirigir pelos próximos cinco anos.

Como Alex já ficou detido por cinco meses, ele apenas precisa servir três mais, quando, então, poderá voltar à Itália para ficar com a esposa e o filho recém-nascido, cujo parto ele perdeu.

Decepção com a traição do namorado

À agência local “Belfast News & Features”, a família de Anastassiya comentou a traição de Alex. “Nós gostávamos dele, foi por isso que nos sentimos tão traídos. Ele era um jovem educado, respeitável. Tinha um bom emprego e carro próprio. E, mais importante, ele deixava a Anastassiya feliz”, disse o padrasto da jovem, Paul Phillips.

Já ela relembra que, logo que sofreu o acidente, recebia visitas de Alex todos os dias, mesmo quando foi informada de que havia ficado paraplégica. “Ele se sentava ao meu lado e me dava as mãos. Eu me sentia tão aliviada de ele ter ficado ao meu lado”, conta.

Alex sumiu quando foi lançada uma investigação policial sobre ele pela forma como estava dirigindo no dia do acidente. “Ele visitava cada vez menos e então um dia simplesmente desapareceu. Eu mandei uma mensagem para ele perguntando onde ele estava e se estava bem, mas ele nunca me respondeu. Minha mãe me disse para esquecê-lo, mas ele era meu primeiro namorado de verdade e eu fiquei com o coração partido. Ele me deixou numa cadeira de rodas e foi embora sem olhar para trás”.

Cerca de 21 meses depois ela descobriu, de fato, a traição do namorado , enquanto olhava o Facebook e viu uma foto de Alex, feliz da vida, na Itália. Irritada e magoada, a família de Anastassiya também pretende prestar queixa contra o jovem.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.