Depois das histórias de encontros desastrosos, agora chega a vez das transas

A rede social Twitter foi tomada por histórias de encontros ruins nesta semana após a internauta Andreia Freitas (@NaoInviabilize) compartilhar relatos de alguns de seus dates, como algumas pessoas gostam de chamar, que acaram sendo desastrosos. Não demorou muito para que centenas de internautas também passassem a contar seus próprios causos. Nesta quinta-feira (9), entretanto, a história ganhou um novo rumo.

Leia também: #Dateruim: internautas compartilham histórias hilárias de encontros desastrosos

Compartilhamento no Twitter de histórias de encontros e transas ruins começou após usuárias dividir seus próprios dates
Shutterstock
Compartilhamento no Twitter de histórias de encontros e transas ruins começou após usuárias dividir seus próprios dates

Aparentemente, tudo começou quando o publicitário e também usuário do Twitter Gui Tintel Lipa (@GuiTintel) teve o seguinte pensamento: “Podiam evoluir a hashtag #datesruim para #transasruins ”.

Pronto, alguns compartilhamentos do tuíte, depois, mais algumas centenas de histórias desastrosas – e também hilárias – começaram a surgir na internet. Confira:

#transasruins

1. Ás vezes, é melhor ficar no básico mesmo


2. Mantenham os animais longe!!


3. Mantenham as irmãs longe também!!


4. Às vezes, a preocupação é grande demais


Diquinha: para aquelas mulheres que não conseguem ficar tranquilas apenas com a camisinhas, confira aqui outros métodos contraceptivos  que podem ser combinados com o preservativo, seja ele masculino ou próprio feminino mesmo.

5. Partiu comparar um tapetinho antiderrapante?


6. Tem casos que nos deixam realmente sem palavras.


7. Lembre-se de sempre escolher bem o som ambiente.


8. Sério, cuidado com o som ambiente.


9. E tem a realidade também – meio triste, mas é fato.


10. Por fim, o nosso agradecimento não só aos criadores, mas também a todas as pessoas que não se intimidaram ao compartilhar suas histórias.



Leia também: Queda na libido pode ser um transtorno de causas físicas e até psicológicas

E você, leitora e leitor do Delas , já passou por um encontro ou uma transa ruim? Se sim, compartilha sua história com a gente. Assim como está acontecendo no Twitter, não esqueça de colocar a hashtag #transasruins no início da história. Às vezes, dividir os momentos constrangedores é bom para mostrar que todos passamos por "aqueles" dias. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.