Sim, a experiência pode ser ótima, mas também existe a possibilidade de ela se tornar uma memória constrangedora que vai te assombrar para sempre

Seja porque não estão prontas para um relacionamento sério ou para se divertir enquanto procuram alguém com quem valha a pena se envolver, muitas pessoas são adeptas do sexo casual, experiência em que nenhum dos envolvidos deve algo ao outro além de, é claro, respeito aos limites durante o sexo e uma diversão prazerosa para ambos.

Leia também: 6 coisas sobre sexo sem compromisso que você deve saber antes de aderir a ele

O sexo casual pode deixar memórias incríveis, assim como também pode ocasionar situações constrangedoras
Shutterstock
O sexo casual pode deixar memórias incríveis, assim como também pode ocasionar situações constrangedoras

Além de ser, para muitos, algo divertido, de acordo com um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade Cornell e da Universidade de Nova York (EUA), o sexo casual também pode trazer benefícios à saúde, como uma melhora na autoestima e redução nos níveis de estresse. Apesar disso, não é como se tudo fosse um mar de rosas, já que há diversas situações relativamente cabeludas – algumas de certa forma cômicas – com as quais os adeptos da prática podem acabar se deparando. Confira 6 delas:

1. Aquela em que você talvez tenha bebido mais do que gostaria

Você acorda sem nem saber em que ano está, morrendo de sede e dormindo em um ângulo completamente estranho... Com uma pessoa dormindo ao seu lado. Lentamente, as imagens da noite anterior começam a vir à tona e, nelas, você realmente sentia que era uma boa ideia convidar aquela pessoa para entrar, mas hoje, com ela ocupando mais espaço do que devia na sua (sua!!) cama. Há também a possibilidade de você ter sido a pessoa convidada para ir à casa alheia e acordar sem a menor noção de onde está.

É claro expulsar a pessoa de casa é um pouco deselegante, mas não há problemas em acordá-la e dizer que tem um compromisso ou que, logo, receberá algumas visitas. Se o pânico da situação passar e você começar a se sentir mais confortável com a situação, sempre pode convidar a pessoa para um café da manhã e fazer piada com tudo o que aconteceu. Estando na casa alheia, sair correndo sem deixar rastros é sempre uma opção.

2. Aquela em que você pensa: “FINALMENTE!”

Você está sem fazer sexo há algum tempo e já até desanimou de encontrar pessoas com quem valha a pena passar a noite, aí finalmente aparece aquela alma perfeita e vocês têm uma experiência extremamente prazerosa que te faz sorrir até para a pessoa que te cortou no trânsito e o garçom que te atendeu mal no dia seguinte.

Sim, ficar feliz por finalmente ter encontrado alguém agradável é permitido e é até possível que a pessoa tope repetir a dose, mas é importante não deixar que o bom humor jogue as expectativas lá no alto, afinal, é sexo casual!

3. Aquela que é total e completamente inapropriada

Seja em razão da bebida, dos hormônios alterados pela TPM ou do universo que adora pregar peças em você, também é possível que o simples acordar ao lado de alguém renda situações constrangedoras para o resto da vida. Isso porque não conseguimos ter controle sobre quem nos atrai, e essa pessoa pode acabar sendo, por exemplo, alguém do seu trabalho, o melhor amigo de um parente próximo e até o funcionário de um local que você costuma frequentar.

É claro que – muito provavelmente – encontrar essa pessoa em situações corriqueiras que não envolvem roupas jogadas pelo chão e sons nada inocentes saindo da boca dos dois será esquisito, mas, contanto que tenha sido divertido e que os dois encarem a situação com maturidade (e não estraguem, por exemplo, o ambiente de trabalho), é, sim, possível conviver com o sexo casual inapropriado.

Leia também: A cada dez pessoas, uma já fez sexo no trabalho, aponta estudo

4. Aquela que rola com o melhor amigo ou amiga

Não é incomum encontrar pessoas que sentem certa atração por alguém com quem têm uma amizade bem próxima, ou que tornaram-se amigas de uma antiga paixonite. Casos como esses podem não dar em nada, também pode ser que em algum momento os dois resolvam “testar”, o que pode resultar tanto em uma maravilhosa amizade colorida quanto em um desastre que nem leva “amizade” no nome.

Em situações assim, é importante refletir não apenas sobre o quanto a relação com aquela pessoa pode mudar como também sobre os seus sentimentos por ela e o seu estado emocional para não entrar em uma situação que você não tem maturidade para encarar.

5. Aquela em que a pessoa escolhida é péssima

No sexo casual, duas pessoas que têm uma química boa transam fazendo questão de tornar a experiência bastante prazerosa para ambos, certo? Nem sempre. Da mesma forma que você pode acabar com uma pessoa ótima, também pode arranjar um verdadeiro embuste (que, à primeira vista, pode nem parecer uma pessoa ruim).


"É, isso não vai acontecer"

Levou alguém para casa e a pessoa é folgada? Desrespeitosa? Reclama da sua calcinha bege como se você devesse algo a alguém (principalmente a ela, que está ali para uma experiência casual)? Ao contrário do que muitas pessoas pensam, você pode, sim, desistir de tudo na metade do caminho sem peso na consciência.

Leia também: Veja 6 sinais de que amizade colorida não é para você ou não está dando certo

6. Aquela que você não gostaria que fosse apenas casual

Seja com um amigo ou amiga por quem você nutre uma paixão secreta ou com aquela pessoa que você está há um tempo tentando conquistar, há situações que resultam no sexo casual sem que essa fosse a intenção. Em alguns casos pode até ser surpresa; você pensa que finalmente chegou onde queria com a pessoa, mas ela não quis ir além de uma noite. Em outras, pode ser acidental, envolvendo pessoas um tanto inconsequentes.

Seja como for, é importante respeitar os sentimentos da outra pessoa. Pensando pelo lado positivo, o sexo casual foi algo especial que aconteceu entre vocês!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.