Cátia Damasceno, colunista do Delas, explica que a prática, apesar de prazerosa, ainda é bastante temida, mas algumas coisas podem ajudar

Apesar de muitos serem adeptos da prática, o sexo anal ainda é um tabu para diversas mulheres. Algumas delas não podem nem ouvir falar no assunto e outras têm até medo, algo motivado pela falta de discussões ou o excesso de informações erradas a respeito da prática.

Sexo anal ainda é tabu para muitas mulheres
Shutterstock
Sexo anal ainda é tabu para muitas mulheres

Leia também: Confira quais são as melhores posições para fazer anal

Uma das razões principais para mulheres temerem o sexo anal tem relação com medo de sentir dor na hora H. De acordo com a educadora sexual, idealizadora do projeto “Mulheres Bem Resolvidas” e colunista do delas, Cátia Damasceno, a região do ânus é realmente bastante sensível e, por isso, ela afirma que a prática exige mais cuidado e paciência.

Pensando no medo e nas dúvidas que rondam o tema, Cátia tomou para si a missão de desmitificá-lo. A especialista reuniu algumas dicas simples para que os interessados em experimentar a prática o façam de maneira segura e que resulte em bastante prazer; confira:

Tenha a velha e boa conversa

Cátia explica que, nessa situação, uma boa conversa se faz necessária por dois motivos. O primeiro é o fato de que você nunca deve fazer algo sem estar a fim só porque o parceiro ou a parceira quer muito tentar. O segundo é o medo de manifestar interesse na prática e o companheiro ou companheira já considerar isso como um “sim”.

O importante aqui é ter sinceridade. Diga o que realmente sente, explique que quer saber mais a respeito e se sentir confortável para experimentar, afinal, não é para ser algo traumatizante e, sim, uma descoberta a dois.

Leia também: Pompoarismo e DIU combinam ou não? Especialista explica

Conheça seu corpo

Assim como a masturbação serve para conhecer o que agrada e o que não agrada ao se estimular a região genital, ela também é importante na hora de descobrir o prazer anal . Se toque, se descubra, saiba quais reações seu corpo tem!

Lubrifique-se

Fisiologicamente, o ânus não foi preparado para a penetração. Já que ele não se lubrifica sozinho como a vagina faz quando a mulher está excitada, o uso de lubrificantes artificiais é indicado. Lembrando que a camisinha também deve ser usada durante essa prática e, com isso, o lubrificante deve ser à base de água, já que substâncias como óleos e silicones podem comprometer o preservativo e fazer com que ele se rompa com mais facilidade.

Leia também: Especialista dá 5 dicas de como arrasar na hora de fazer sexo oral; confira

Relaxe!

Depois de ter uma boa conversa com o parceiro ou parceira, se tocar, se conhecer e comprar um bom lubrificante, não lhe resta nada a fazer a não ser relaxar. Para mulheres, a dica é ir aos poucos quando o assunto é sexo anal. É importante ir experimentando e se acostumando com a novidade. Lembre-se de que isso é para você e seu parceiro sentirem prazer juntos e não só para você agradar a outra pessoa. Vá conforme estiver satisfeita e curta o momento! Quer ler mais dicas sobre sexo?  Acompanhe a coluna da Cátia Damasceno no Delas!

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.